Topo

Trevisan encampa ciência de dados tanto nos cursos de graduação quanto pós

Luana Pavani

São Paulo

12/09/2019 08h06

Transformação digital é a maior demanda atual das empresas no mundo todo e requer profissionais capacitados não só em ciência de dados como também em gestão de negócios. Preocupada com a formação desses talentos, a Trevisan Escola de Negócios começa este ano a incorporar ciência de dados em todo o currículo, ampliando as horas aula tanto na graduação quanto na pós.

A partir de 2020, os cursos de administração e contabilidade já terão 500 horas aula adicionais de tecnologia da informação, e em seguida a cadeira de direito será atualizada. Outra novidade é o MBA em Data Science, com duração de 18 meses, com início em novembro deste ano.

"Quando contamos aos presidentes de empresas sobre os novos cursos, a reação é muito positiva. Há inclusive quem já tenha solicitado reserva de vagas para recrutamento desses alunos", afirma o CEO da Trevisan, VanDyck Silveira. Ele conta que o formando será uma espécie de "politécnico digital" com competências nas áreas humanas, para que não apenas conheça mas saiba também criar soluções do mundo digital, em assuntos como "deep learning", análise preditiva, big data, "machine learning", BI e inteligência artificial.

Por falar nisso, os novos cursos terão uma assistente virtual, a Tais (Trevisan Artificial Intelligence Support), um "bot" criado em parceria com o supercomputador Watson, capaz de fazer sugestões. Além da IBM, há outros parceiros na empreitada digital, como o SAS Institute.

Todos os cursos permitirão dupla titulação no exterior, em aliança com a GUS - Global University Systems (GUS), inclusive com a oportunidade de permissão de trabalho em vistos especiais.

Para apresentar o novo posicionamento da escola ao público em geral, ocorre o evento Digital Science Xperience (DSX), no próximo dia 25, com participação da Agência Estado no painel. Inscrições pelo site: www.trevisan.edu.br/public/landings/dsx

Em 17 de outubro ocorrerá o Trevisan Day, com abertura de matrículas, e cerimônia que deve contar com a participação do secretário Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos Alexandre da Costa.

Mais Notícias