Topo

Três mulheres depõem na França como parte de investigação contra Epstein

11/09/2019 10h56

Paris, 11 set (EFE).- Três mulheres prestaram depoimento, como parte da investigação aberta pelas acusações feitas no país contra o milionário Jeffrey Epstein, que morreu há um mês, segundo anunciou nesta quarta-feira o Ministério Público do país europeu.

Os procedimentos aconteceram nos dias 27 de agosto, 3 e 9 de setembro, poucos dias depois da abertura do caso, em que os promotores tentam estabelecer se houve casos de abuso sexual por parte do americano na França, ou se houve outras vítimas francesas fora do país.

Além disso, o órgão local Escritório Central para a Repressão da Violência contra as Pessoas, publicou postagem no Twitter em que convoca "qualquer vítima ou testemunha" a se apresentar para prestar depoimento e ajudar nas investigações.

O Ministério Público decidiu iniciar o procedimento após ter feito várias avaliações e de ter mantido contato com os procuradores dos Estados Unidos.

Epstein, que era dono de um apartamento em Paris, se suicidou na cela que estava preso, em Nova York, no dia 10 de agosto, após ter sido detido sob a acusação de ter criado uma rede de tráfico sexual, para abusar de mulheres. EFE

Mais Notícias