Topo

PSL compara facada em Bolsonaro a ataque de 11 de setembro nos EUA

Imagem tirada logo após Jair Bolsonaro ser esfaqueado em Juiz de Fora - Raysa Leite/Folhapress
Imagem tirada logo após Jair Bolsonaro ser esfaqueado em Juiz de Fora Imagem: Raysa Leite/Folhapress
do UOL

Do UOL, em São Paulo

11/09/2019 14h47

Hoje, 11 de setembro, o PSL comparou a facada sofrida pelo presidente Jair Bolsonaro ao atentado contra às Torres Gêmeas, que matou mais de 2,7 mil pessoas em 2001, nos Estados Unidos.

"Há 18 anos um atentado nos Estados Unidos chocava o mundo inteiro: o ataque às Torres Gêmeas. Há um ano, o Brasil sofria um ataque à democracia: Jair Bolsonaro foi esfaqueado em meio a um ato público. Dois episódios que impactaram a sociedade e deixaram marcas na história", escreveu um dos perfis oficiais do partido no Instagram (veja abaixo).

O presidente da República segue no hospital após passar por cirurgia para a correção de uma hérnia incisional, que foi decorrente dos procedimentos invasivos aos quais Bolsonaro foi submetido desde a facada. Ele está estável, mas teve alimentação oral suspensa por decisão médica.

reprodução/Instagram
Imagem: reprodução/Instagram

Mais Notícias