Topo

Dow Jones fecha em alta pelo quinto pregão seguido

10/09/2019 21h00

Nova York, 10 set (EFE).- O índice Dow Jones Industrial fechou nesta terça-feira em alta pelo quinto pregão seguido, desta vez de 0,28%, enquanto os investidores esperam notícias sobre possíveis cortes nas taxas básicas de juros por parte do Banco Central Europeu e do Federal Reserve.

O principal indicador da Bolsa de Nova York, somou 73,92 pontos e chegou a 26.909,43. O seletivo S&P 500 subiu 0,03%, para 2.979,39, e o índice composto da Nasdaq caiu 0,04% e fechou aos 8.084,15 pontos.

Outro fator que repercutiu bem hoje no mercado nova-iorquino foi uma afirmação feita ontem pelo secretário do Tesouro dos EUA, Steven Mnuchin, de que há um "acordo conceitual" entre EUA e China quanto aos mecanismos de aplicação de medidas contra o roubo de propriedade intelectual, um dos pontos mais polêmicos das negociações comerciais entre as duas potências.

Por outro lado, os investidores mostraram preocupação após a agência de classificação de riscos Moody's rebaixar a nota da Ford para o nível "lixo" ontem à noite, e com isso as ações da montadora caíram 1,26%.

Já os papéis da Apple subiram 1,18% após o evento no qual apresentou novos produtos, entre eles o novo modelo do iPhone.

Entre os 30 títulos cotados no Dow Jones, as maiores altas foram de Dow (4,21%), Boeing (2,99%), Caterpillar (2,39%), Walgreens (2,32%), Chevron (2,06%) e Johnson & Johnson (2,05%). As piores quedas foram de McDonald's (-3,49%), Visa (-2,86%), Walt Disney (-2,19%), American Express (-2,18%) e Merck (-2,13%).

No horário de fechamento da bolsa, a onça do ouro caía para US$ 1.493,20, e o rendimento dos treasuries com vencimento em 10 anos aumentava para 1,733%. EFE

Mais Notícias