Topo

Imigrantes do Open Arms serão distribuídos em 5 países da UE

BRUXELAS, 21 AGO (ANSA) - A Comissão Europeia anunciou nesta quarta-feira (21) que cinco países europeus vão receber os imigrantes que estavam a bordo do navio "Open Arms", da ONG espanhola Proactiva, que desembarcaram na noite de ontem (20) no porto de Lampedusa, na Itália. As pessoas serão distribuídas entre a Espanha, França, Alemanha, Luxemburgo e Portugal. Todos os países vão ficar responsáveis por fazer as verificações necessárias e disponibilizar o transporte para os imigrantes. As nações ainda enviarão equipes para registrar e entrevistar os refugiados, que ficaram 19 dias a bordo da embarcação à deriva no mar Mediterrâneo. "A Comissão europeia está pronta para começar a coordenar a realocação dos imigrantes a bordo do Open Arms", desembarcados na Itália, informou a porta-voz da Comissão Europeia, Natasha Bertaud.

A decisão foi tomada um dia depois do Ministério Público de Agrigento determinar a apreensão do Open Arms dada a gravidade das condições do barco e ordenar o desembarque de todos os imigrantes que estavam a bordo. Os 88 imigrantes - inicialmente por volta de 150 - ficaram 19 dias no barco, a cerca de 800 metros de Lampedusa, aguardando autorização de desembarque em um país europeu. Na ocasião, o vice-premier e ministro da Itália, Matteo Salvini, rejeitou acolher o grupo, com base em sua política restritiva contra a imigração.

Todas as pessoas chegaram a cantar "Bella Ciao", música símbolo da resistência antifascista, minutos antes de deixarem a embarcação. (ANSA)

Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do que informou o título da matéria, os imigrantes serão distribuídos por cinco países europeus, e não quatro. A informação foi corrigida.

Mais Notícias