Topo

Modelo é presa e multada em R$ 108 mil por entrar com remédios em Bali

"Meus medicamentos são considerados drogas classe A em Bali, de acordo com uma lista fictícia que eles me mostraram", disse a australiana Tori Ann Lyla Hunter - @torz_lyla/Instagram
"Meus medicamentos são considerados drogas classe A em Bali, de acordo com uma lista fictícia que eles me mostraram", disse a australiana Tori Ann Lyla Hunter Imagem: @torz_lyla/Instagram
do UOL

Do UOL, em São Paulo

14/08/2019 19h32

A modelo australiana Tori Ann Lyla Hunter, que faz sucesso no Instagram, foi presa pelas autoridades de Bali, na Indonésia, após entrar no país com remédios.

"Acontece que meus medicamentos são considerados drogas classe A em Bali, de acordo com uma lista fictícia que eles me mostraram", disse ela, em um post no Facebook.

Tori alega que ficou quase quatro dias presa e teve que pagar 39,6 mil dólares australianos (R$ 108 mil) para evitar pegar cinco anos de cadeia.

A modelo contou que levava medicamentos prescritos pelos médicos para ansiedade e depressão. Apesar de ter receita médica, foi revistada e presa pelas autoridades de Bali.

"Depois de 14 horas de interrogatório, fui detida e mantida presa por mais três dias", afirmou a modelo, acrescentando que só foi liberada após pagar 39,6 mil dólares australianos. "Fui extorquida."

Mais Notícias