Topo

Walmart altera nome no Brasil para Big; o que deve mudar para o consumidor?

do UOL

Renato Pezzotti

Colaboração para o UOL, em São Paulo

12/08/2019 18h39Atualizada em 12/08/2019 22h49

A rede de varejo Walmart anunciou hoje (12) que mudará de nome no Brasil para Grupo Big. A empresa prevê investir R$ 1,2 bilhão no país nos próximos 18 meses para modernizar e ampliar suas lojas. O foco da companhia passará a ser o formato de "atacarejo", que mistura a operação de vendas para pequenos supermercadistas, mas também recebe consumidores comuns.

Com a mudança, as lojas Walmart nas regiões Sul e Sudeste passarão a se chamar Big. As 13 lojas do Walmart no Nordeste passarão a adotar a bandeira Super Bompreço até o meio de 2020. No Nordeste, todos os hipermercados Bompreço passarão a ser chamados de Big Bompreço. Segundo a empresa, a expectativa é concluir a reforma de 100 hipermercados até junho de 2020.

Para Ricardo Pastore, coordenador da pós-graduação da ESPM-SP, a mudança é uma oportunidade de ouro para a marca. "O que sempre atrapalhou o Walmart no Brasil foi o próprio Walmart. Agora, com uma gestão local e independente, tem tudo para crescer rapidamente", declarou.

"O foco agora é específico: o atacarejo. As reformas servirão para passar essa mudança de perfil para o consumidor, que quer se sentir dentro de um armazém quando vai até uma loja dessas. Uma estratégia agressiva de preços mais baixos também será fundamental", afirmou o especialista.

Novas lojas do Sam's Club

Em maio deste ano, o Walmart havia fechado seu marketplace, shopping virtual onde eram vendidos produtos de terceiros. Em 2017, a varejista havia encerrado a operação de comércio eletrônico com a venda de produtos próprios. Com a saída do comércio eletrônico, a empresa passou a apostar nas lojas físicas.

Até então, o Walmart operava com oito bandeiras diferentes no país, entre hipermercados (Walmart, Big e Bompreço), supermercados (Super Bompreço e Nacional), atacado (Maxxi Atacado), clube de compras (Sam's Club) e lojas de vizinhança (TodoDia), além de postos de combustíveis e farmácias.

A empresa também informou que investirá no modelo de "clube de compras". Para isso, pretende inaugurar dez novas lojas da marca Sam's Club em um ano, sendo quatro delas ainda este ano.

As 43 lojas da rede Maxxi, por sua vez, vão passar por uma modernização, e 10 delas serão transformadas em atacarejo.

Chegou ao Brasil em 1995

O agora Grupo Big opera com cerca de 550 lojas e 50 mil funcionários em 18 estados brasileiros, além do Distrito Federal. A empresa é o terceiro maior conglomerado de varejo alimentar do Brasil, atrás de GPA e Carrefour, segundo a Associação Brasileira de Supermercados (Abras).

A companhia chegou ao Brasil em 1995, com a inauguração de uma loja Sam's Club em São Caetano do Sul (SP). No mesmo ano, inaugurou uma unidade da marca Walmart em Osasco (SP).

Em junho do ano passado, o grupo vendeu uma participação de 80% nas operações no Brasil para a empresa de private equity Advent Internacional.

Realidade combinada e carro inteligente: o mundo dos Jetsons

UOL Notícias

Mais Notícias