Topo

Não é ficção: 10 projetos de carros voadores que estão em andamento

do UOL

Do UOL

Em São Paulo (SP)

11/08/2019 07h00

A cada dia que passa mais e mais fabricantes, empresas e startups se ocupam na busca do mundialmente sonhado carro voador. Tido como veículo de locomoção do futuro há gerações, o meio de transporte já não é apenas um sonho de ficção científica.

Tudo ainda está em fase experimental, alguns deles sequer parecem um carro e muitos só devem ter modelos consolidados no longo prazo. Mas são vários os projetos em andamento. Confira alguns deles:

Boeing

Divulgação
Imagem: Divulgação

A empresa afirmou que seu projeto de táxi aéreo autônomo concluiu com sucesso seu primeiro teste no início deste ano. O veículo tem autonomia de cerca de 80 km e tem sistemas de propulsão e hélices, voando como um helicóptero.

Pal-V

Apresentado no Salão de Genebra deste ano, este carro foi projetado na Holanda. Ele tem capacidade para voar com duas pessoas em até 500 km pelo ar com suas hélices rotativas. Ainda assim, tal qual um avião, ele precisa de uma pista para decolar e pousar. Após uma bateria de testes marcada para este ano, o carro deve estar à venda no segundo semestre de 2020. Sua versão de entrada deve custar R$ 1,8 milhão.

Nec

Koji Sasahara/AP
Imagem: Koji Sasahara/AP

Lembrando um drone, o carro voador da Nec Corp fez um teste na última semana. A empresa conta com incentivos do governo japonês, que quer fazer carros voadores serem utilizados de forma corriqueira em seus centros urbanos em 2030. No teste oficial, o carro voou a três metros de altura por cerca de um minuto.

Airbus

Koji Sasahara/AP
Imagem: Koji Sasahara/AP

A empresa apresentou seu conceito no Salão de Genebra de 2018. O projeto foi feito em parceria com a Audi, tem autonomia de 50 km e oito motores elétricos que juntos fazem o carro proporcionar 217 cv de potência.

Embraer-X

Embraer/Divulgação
Imagem: Embraer/Divulgação

Subsidiária da brasileira Embraer, a Embraer-X quer ter em 2023 um veículo voador comercial para atender demandas da Uber. Os primeiros testes devem ocorrer no próximo ano, nos Estados Unidos.

Bell Nexus/Uber

Divulgação
Imagem: Divulgação

A empresa de transporte alternativo tem investido neste futuro mercado de carros voadores. Na feira de tecnologia CES deste ano, em Las Vegas, a empresa apresentou um conceito em parceria com a Bell Nexus e prevê serviço para carros voadores em cerca de dez anos. O veículo tem motor híbrido e capacidade de levar cinco pessoas.

Lilium Jet

Lilium/Divulgação
Imagem: Lilium/Divulgação

Impulsionado por 36 motores elétricos ao longo das asas, a aeronave pode subir e descer verticalmente e virar seus motores para trás. Para ir para frente, o veículo usa motores elétricos a jato. Sua autonomia é de 300 km e ele pode chegar a até 300 km/h. O Lilium Jet pode levar até cinco pessoas.

Kitty Hawk

Divulgação
Imagem: Divulgação

"Tão fácil quanto jogar Minecraft". É assim que o CEO da Kitty Hawk, Sebastian Thrun, define a experiência de voar com seu veículo. O cofundador da empresa é Larry Page, do Google. O carro voador por enquanto é apenas testado por seus desenvolvedores.

AeroMobil

AeroMobil/Divulgação
Imagem: AeroMobil/Divulgação

A empresa eslovaca que fazer um veículo que funcione bem tanto como carro quanto como veículo voador. Para isso, a tentativa é desenvolver sistemas que sejam capazes de retrair rodas e asas. O carro possui 300 cv de potência no ar, já no chão ele é impulsionado por uma unidade elétrica híbrida com o motor a combustão sendo seu gerador.

S2

S2/Divulgação
Imagem: S2/Divulgação

Com 12 rotores ao longo das asas e da cauda, o projeto totalmente elétrico da norte-americana Job Aviation pode atingir até 320 km/h, pousando e decolando verticalmente, segundo informações da própria empresa. O veículo só poderia levar dois ocupantes.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.

Mais Notícias