Topo

Magnata da LVMH ajuda ascensão de bilionário da beleza na China

Venus Feng

19/07/2019 08h04

(Bloomberg) -- A boa sorte de Bernard Arnault está contagiando algumas das maiores empresas de produtos de cuidados com a pele da China e seus fundadores.

O magnata da moda francesa, que ultrapassou o cofundador da Microsoft Bill Gates como a segunda pessoa mais rica do mundo esta semana, conquistou a marca com uma pequena ajuda de consumidores chineses.

A Guangdong Marubi Biotechnology, uma das várias empresas chinesas de cosméticos que contam com um fundo de private equity apoiado por Arnault como investidor, está pronta para abrir o capital em Xangai este mês, um IPO que deve tornar o fundador de 49 anos, Sun Huaiqing, também bilionário. Um porta-voz da empresa não quis comentar.

"Muitas pessoas acham que a listagem é um símbolo para o sucesso, mas não penso assim", disse Sun em entrevista publicada em 2015 no site da empresa. "Um IPO é apenas um começo.

A Marubi registrou receita de US$ 233 milhões em 2018, mais da metade vinda de produtos de cuidados com a pele, segundo o prospecto da empresa. Quase 80% das lojas que vendem os produtos da Marubi estão fora das grandes cidades, tornando a empresa uma potência regional com espaço para expansão.

"A indústria de beleza chinesa continua fragmentada e qualquer boa marca com alguns produtos populares ainda deve ter muito espaço para crescer", disse Mavis Hui, analista do DBS Bank, em Hong Kong. As vendas do segmento de beleza, que atingiram cerca de US$ 6 bilhões na China no ano passado, podem aumentar em um dígito anualmente nos próximos três a cinco anos, disse.

Arnault, uma das três únicas pessoas no mundo com fortuna acima de US$ 100 bilhões, ao lado de Gates e Jeff Bezos, da Amazon.com, deu impulso a outros magnatas da moda emergentes na Ásia. A L Catterton, veículo de private equity com participação da gigante de luxo LVMH e do Groupe Arnault, tem investimentos em 25 marcas em todo o continente, segundo o site da empresa.

Em 2011, a L Catterton comprou uma participação na Trendy China Group, dona das grifes Ochirly e Miss Sixty. O fundador da Trendy, Jacky Xu, tem uma fortuna de US$ 1 bilhão, de acordo com o Índice de Bilionários Bloomberg.

A família por trás de outra empresa de moda financiada pela L Catterton, a Xin Hee, tem patrimônio de US$ 323 milhões. A Xin Hee, que fabrica roupas femininas de médio e alto padrão, registrou vendas de 1,8 bilhão de iuanes no ano passado.

Mais Notícias