Topo

Acionistas da IRB Resseguros levantam R$7,4 bi em oferta de ações

19/07/2019 08h25

Por Carolina Mandl e Tatiana Bautzer

SÃO PAULO (Reuters) - A resseguradora IRB Brasil Resseguros estabeleceu preço de ação em 88 reais em uma oferta secundária fechada na noite de quinta-feira, informou a companhia nesta sexta-feira em fato relevante.

O governo brasileiro e a BB Seguros, ambos acionistas do IRB, levantaram cerca de 7,4 bilhões de reais com a oferta, como parte de um plano mais abrangente do presidente Jair Bolsonaro de vender ativos.

A BB Seguros é uma subsidiária da BB Seguridade, que por sua vez pertence ao Banco do Brasil.

Em comunicado, o BB disse que estima impacto positivo no resultado do terceiro trimestre de 2019 do banco de aproximadamente 1,6 bilhão de reais com a operação.

O preço da oferta teve um desconto ao redor de 2% em relação ao preço de fechamento da ação na quinta-feira, de 90 reais. O papel acumula queda de 8,4% nos últimos 30 dias, após os acionistas divulgarem a intenção de se desfazerem de fatia na empresa.

As unidades de banco de investimentos do Banco do Brasil, Bank of America, Banco Bradesco, Caixa Econômica Federal [CEF.UL], Citigroup, Itaú Unibanco e UBS coordenaram a operação.

As ações distribuídas na oferta começam a ser negociadas na bolsa paulista B3 na próxima segunda-feira.

Após a oferta, os bancos privados Bradesco e Itaú continuarão como os principais acionistas do IRB, com uma participação de 15,2% cada. Ele não podem vender suas fatias pelos próximos seis meses.

No começo do ano, um fundo gerido pela Caixa Econômica Federal vendeu sua participação de 8,9% no IRB em uma oferta de ações a 91 reais por papel.

Mais Notícias