Topo

Chevrolet Onix: tudo sobre o carro mais vendido do Brasil

do UOL

Do UOL, em São Paulo (SP)

2019-06-25T07:00:00

25/06/2019 07h00

Carro mais vendido do país nos últimos quatro anos -- e por uma larga vantagem em relação aos concorrentes--, o Chevrolet Onix caiu no gosto popular por oferecer bom custo-benefício e dirigibilidade acertada.

Lançado em 2012, o modelo foi se firmando no mercado e passou a ser o carro de entrada da General Motors com o fim da produção do Celta, em 2014, e do Agile, em 2016.

O Onix passou por reestilização em 2016 para chegar de visual novo na linha 2017, com dianteira mais parecida com a dos sedãs Cruze e Cobalt. Mas a GM manteve uma versão com o estilo antigo em linha para atuar como versão de entrada, a Joy, ampliando as vendas.

Neste ano, tanto o hatch quanto sua versão sedã, o Prisma, vão ganhar nova geração, tornando-se carros mundiais, já visando a linha 2020. O Onix ganhará desenho que acompanha a identidade global da marca, conectividade com internet 4G, espaço interno ampliado e maior segurança.

Segurança = polêmica

Em 2017, ele recebeu nota zero estrela nos testes de colisão do Latin NCAP, programa de avaliação independente de carros novos para a América Latina, Caribe e Brasil.

Após muita polêmica, a Chevrolet então reforçou a segurança do modelo, com barras de proteção lateral nas portas, sistema Isofix para cadeirinhas infantis e novo cinto de segurança para o motorista. Após isso, bancou nova rodada de testes, em janeiro de 2018.

O Onix passou a ser classificado com três estrelas na proteção de adultos e crianças. A nota não foi maior devido à fraca proteção para o peito do adulto em caso de impactos frontais e laterais e por não ter controle de estabilidade e tração.

#Avaliação: por que o brasileiro compra tanto o Chevrolet Onix?

UOL Carros

Preços

Preços com motor 1.0: R$ 46.590 (Joy) e R$ 47.490 (LT).

Preços com motor 1.4: R$ 54.590 (LT), R$ 55.390 (Advantage), 57.390 (Effect), 59.190 (LTZ), R$ 62.290.

Valores referentes a junho de 2019.

Equipamentos

+ Onix Joy 1.0: monitoramento de pressão de pneus, roda de aço aro 14", ar-condicionado, direção elétrica, faróis e lanternas com máscara negra, sistema Isofix para cadeirinhas, cintos de segurança traseiros laterais e central de três pontos.

+ Onix LT 1.0: acrescenta vidro elétrico nas portas dianteiras com "um toque", abertura automática pela chave, banco do motorista com regulagem de altura, rádio AM/FM stereo (RDS), MP3/WMA player, Bluetooth, entrada auxiliar e leitor USB, volante multifuncional.

+ Onix LT 1.4: acrescenta roda de liga aro 15, sensor de estacionamento traseiro, Chevrolet MyLink com tela sensível ao toque de 7", Android Auto e Apple CarPlay.

+ Onix Advantage 1.4: acrescenta espelhos retrovisores externos elétricos, coluna de direção com regulagem de altura.

+ Onix Effect e LTZ 1.4: acrescenta faróis e lanterna de neblina, sistema OnStar, luz de posição em LED e faróis com lâmpadas "Blue Vision", roda de alumínio aro 15" com pintura exclusiva, bancos com revestimento premium, teto pintado em preto, volante com controle das funções do rádio e telefone, câmera de ré.

+ Onix Activ 1.4: acrescenta para-choques exclusivos, faróis de máscara negra, molduras de proteção na lateral, rack de teto e rodas aro 15'' de alumínio pintadas de preto.

Revisão e garantia (valores e prazos)

10.000 km: 4 x R$ 63 (qualquer motorização)
20.000 km: 4 x R$ 126 (qualquer motorização)
30.000 km: 4 x R$ 166 (qualquer motorização)
40.000 km: 4 x R$ 121 (qualquer motorização)
50.000 km: 4 x R$ 105 (qualquer motorização)
60.000 km: 4 x R$ 259 (qualquer motorização)

Garantia: 3 anos.

Consumo pelo Inmetro (etanol/gasolina em km/l)

+ Onix Joy 1.0 6MT: cidade 8,7/12,8; estrada 10,5/15,2

+ Onix LT1.0 6MT: cidade 8,8/12,9; estrada 10,5/15,3

+ Onix 1.4 6MT LT, LTZ e Effect: cidade 8,5/12,4; estrada 10,3/14,9

+ Onix 1.4 6AT LT, LTZ e Advantage: cidade 7,9/11,6; estrada 9,7/14,0

+ Onix 1.4 6AT Active: cidade 8,3/12,2; estrada 9,4/13,7

Concorrentes

Os principais rivais do Onix são compactos de entrada como Hyundai HB20, Ford Ka, Volkswagen Gol e versões de entrada do Fiat Argo. Além disso, suas versões aventureiras/esportivadas Effect e Activ o colocam também no páreo com compactos premium (mais equipados), como Argo Trekking, Renault Sandero Stepway.

Entretanto, o Onix se destaca na lista justamente pelo fato de ser líder há quatro anos não só do segmento, mas do Brasil.

Como UOL Carros avaliou

Além da vasta rede de concessionários espalhada pelo país e de trabalhar com ações promocionais agressivas e constantes -- que acabam tornando o hatch mais atrativo na prática do que os preços de tabela sugerem --, a GM soube montar um pacote que inclui equipamentos cada vez mais demandados pelo consumidor, mesmo que em detrimento de outros itens não tão visados assim (embora não menos importantes).

Por exemplo, a versão LT 1.0 traz de série: chave canivete com funções remotas para travamento das quatro portas, fechamento dos vidros dianteiros e abertura do porta-malas; travas elétricas; ar-condicionado; vidros elétricos dianteiros com função um-toque e antiesmagamento; banco do motorista com regulagem de altura; e quadro de instrumentos com computador de bordo digital (ainda que apenas com informações de odômetro e trajeto parcial).

Além disso, pacote opcional das versões de entrada e versões mais caras trazem de série central multimídia MyLink 2 (tela tátil de 7 polegadas, entradas USB e Auxiliar, rádio e projeção de celulares Apple ou Android), volante multifuncional e sistema OnStar "Protect" (que inclui travamento de portas, luzes e buzinas via aplicativo, monitoramento de rota e chamadas de emergência por app ou por um botão no próprio veículo).

Só que, para chegar a essa lista, o Onix acaba devendo itens. Não há controle eletrônico de estabilidade ou de tração em versão alguma, nem como opcional, e a segurança máxima é de três estrelas.

Visual caiu no gosto dos clientes e ficou um pouco mais arrojado após o facelift de meia-vida realizado em agosto de 2016.

Fichas técnicas

Chevolet Onix 1.0 Joy e LT
Motor: Dianteiro, transversal, 1.0 flex
Potência: 78/80 cv (gasolina/etanol) a 6.400 giros
Torque: 9,5/9,8 kgfm (gasolina/etanol) a 5.200 giros
Câmbio: manual, 6 marchas
Velocidade máxima: 167 km/h
0 a 100 km/h: 13,3 s
Dimensões: 3,93 m de comprimento, 2,52 m de entre-eixos, 1,70 m de largura e 1,47 m de altura
Porta-malas: 280 litros
Peso: 1.021 kg

Chevrolet Onix 1.4 LT, Advantage, Effect e LTZ
Motor: Dianteiro, transversal, 1.4 flex
Potência: 98/106 cv (gasolina/etanol) a 6.000 giros
Torque: 13/13,9 kgfm (gasolina/etanol) a 4.800 giros
Câmbio: manual, 6 marchas/ automático, 6 marchas
Velocidade Máxima: 180 km/h
0 a 100 km/h: 10,5 s
Dimensões: 3,93 m de comprimento, 2,52 m de entre-eixos, 1,70 m de largura e 1,47 m de altura
Porta-malas: 280 litros
Peso: 1.034 kg (manual LT) /1.067 kg (automático LT), 1.042 kg (manual LTZ) / 1.074 kg (automático LTZ)

Chevrolet Onix ganha três estrelas em novo crash-test do Latin NCAP

UOL Carros

Mais Notícias