Topo

Maduro acusa chefe do Comando Sul dos EUA de semear intrigas

2019-06-24T14:07:00

24/06/2019 14h07

Caracas, 24 Jun 2019 (AFP) - O presidente Nicolás Maduro acusou o chefe do Comando Sul dos Estados Unidos, Craig Faller, de semear intrigas entre os militares venezuelanos.

"É possível acreditar na felicitação que ele tenta preencher com intriga, farisaísmo, falsidade, hipocrisia? (...) Por favor, por favor! Eles nos tratam como se fôssemos um povo ignorante", disse o presidente em uma cerimônia militar.

No domingo, Faller dirigiu uma carta aberta aos militares venezuelanos pela celebração da batalha pela independência de Carabobo, na qual destacou que "eles têm um papel essencial (...) em restaurar a esperança e a segurança de seu povo".

"Eu sei que agora há muitas diferenças que nos dividem", acrescentou o almirante, dizendo esperar que em breve as forças militares venezuelanas "retornem à fraternidade profissional e (...) trabalhem juntas".

Durante a comemoração do 198 aniversário da Batalha de Carabobo, fundamental para a independência venezuelana, Maduro afirmou que o corpo militar é "bem disciplinado, bem organizado, unido e coeso como nunca antes".

"É possível acreditar, ao mesmo tempo em que ameaça invadir nosso país, que ele respeita e ama nossas Forças Armadas?", questionou o líder socialista ao lado do alto comando militar.

Washington é o principal aliado do líder da oposição Juan Guaidó, reconhecido como presidente encarregado da Venezuela por cinquenta países, que busca romper o apoio militar a Maduro para estabelecer um governo de transição que convoque eleições.

atm/axm/lda/cn

Twitter

Mais Notícias