Topo

Índice de frete do Báltico tem máxima de 5 meses com alta em exportações da Vale

2019-06-19T14:48:45

19/06/2019 14h48

(Reuters) - O principal índice de frete marítimo do Báltico, que acompanha as tarifas aos navios que transportam commodities a granel, atingiu uma máxima de mais de cinco meses nesta quarta-feira, com as taxas para Capesize saltando, na esteira do aumento de exportações pela Vale .

O índice Báltico <.BADI>, que reflete as taxas para navios Capesize, Panamax e Supramax, avançou 44 pontos, ou 3,9%, para 1.179 pontos, seu nível mais alto desde 10 de janeiro, marcando alta pela quarta sessão consecutiva.

Já o índice Capesize <.BACI> saltou 95 pontos, ou 4,9%, para 2.051 pontos, um nível que não atingia desde o início de janeiro, com ganhos médios diários avançando 1.069 dólares, para 16.493 dólares.

Após alguns meses de baixa, na sequência do desastre em uma barragem de rejeitos da Vale em Brumadinho (MG), que manteve a mineradora longe do mercado, finalmente é registrado um aumento das atividades do Brasil, disse a corretora Intermodal em uma nota nesta terça-feira.

A Vale informou nesta quarta-feira que retomará em até 72 horas a integralidade das operações a úmido em sua mina de Brucutu, também em Minas Gerais.

(Reportagem de Diti Pujara em Bangalore)

Mais Notícias