Topo

Coreia do Sul doa US$ 4,5 milhões ao Norte para combater seca

19/06/2019 07h39

Genebra, 19 jun (EFE).- A Coreia do Sul doou à Coreia do Norte, através do Programa Mundial de Alimentos (PMA), US$ 4,5 milhões em dinheiro e 50 mil toneladas de arroz para combater os problemas alimentares gerados pela seca que atinge o país, confirmou nesta quarta-feira o porta-voz da organização em Genebra.

Trata-se da maior doação do governo sul-coreano com mediação do PMA desde 2008, ressaltou o porta-voz Herve Verhoosel, que indicou que esta ajuda servirá para alimentar entre 1,5 e 2 milhões de crianças, mulheres grávidas e lactantes.

O programa das Nações Unidas estima, no entanto, que são necessárias 300 mil toneladas de alimentos, com um valor aproximado de US$ 275 milhões, para atender as necessidades humanitárias na Coreia do Norte em consequência da seca, a pior que atinge o país em quase 40 anos.

Cerca de 10,1 milhões de pessoas, quase metade da população norte-coreana, sofrem com a falta de alimentos, lembrou Verhoosel em comunicado.

A Coreia do Sul já anunciou em meados de maio que doaria US$ 8 milhões em ajuda humanitária ao território norte-coreano através de organismos internacionais.

Seul aprovou o pacote de ajuda originalmente em 2017, mas os contínuos testes nucleares e balísticos norte-coreanos, a ativação de sanções internacionais e a falta de avanços na desnuclearização norte-coreana impediram que o governo sul-coreano completasse a doação. EFE

Mais Notícias