Topo

Johnson amplia vantagem na corrida pela sucessão de May

2019-06-18T14:33:00

18/06/2019 14h33

LONDRES, 18 JUN (ANSA) - O ex-secretário das Relações Exteriores do Reino Unido Boris Johnson ampliou sua vantagem na corrida pela liderança do Partido Conservador e pela sucessão da primeira-ministra Theresa May.   

Na segunda votação entre parlamentares da legenda, realizada nesta terça-feira (18), Johnson recebeu 126 votos, 80 a mais que o atual chefe da diplomacia britânica, Jeremy Hunt, com 46 - no primeiro pleito, em 13 de junho, os dois ficaram separados por 71 votos.   

Em seguida aparecem o secretário do Meio Ambiente Michael Gove (41), o secretário do Desenvolvimento Internacional Rory Stewart (37) e o secretário do Interior Sajid Javid (33).   

A votação decretou a eliminação do único candidato que não atingiu a cláusula de barreira de 10% dos votos: o ex-secretário para a Saída da União Europeia Dominic Raab (30). Na semana passada, o secretário da Saúde Matt Hancock, que se qualificara para a segunda votação, desistiu da disputa.   

Caso não ocorram novas retiradas, mais duas votações estão previstas para os dias 19 e 20 de junho, até que sobrem apenas dois postulantes, que disputarão a preferência entre os 160 mil membros do Partido Conservador. O vencedor deve ser anunciado no fim de julho e substituirá May na liderança da legenda e no cargo de primeiro-ministro.   

Johnson, também ex-prefeito de Londres, rompeu com a premier por discordar de sua abordagem nas negociações do Brexit. Ele foi um dos principais cabos eleitorais da campanha para tirar o país da União Europeia e ameaça sair do bloco sem acordo e sem pagar as 39 bilhões de libras esterlinas acordadas entre Londres e Bruxelas. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Mais Notícias