Topo

Assessor da Casa Branca diz que EUA buscam acordo comercial aplicável com China

2019-06-18T13:06:59

18/06/2019 13h06

WASHINGTON (Reuters) - Os Estados Unidos querem continuar as negociações comerciais com a China que focam em mudanças estruturais e mecanismos de cumprimento quando as conversas forem retomadas durante a cúpula do G20 no Japão, disse o assessor econômico da Casa Branca, Larry Kudlow, nesta terça-feira.

"Os Estados Unidos querem continuar as conversas sobre mudanças estruturais com relação a roubo de propriedade intelectual e transferências forçadas de tecnologia e aberturas de mercado e tarifas", disse Kudlow em entrevista à Fox News.

"Estamos procurando um acordo aplicável como sempre estivemos -- isto é absolutamente vital. Então todos esses temas genéricos estarão sobre a mesa."

Kudlow falou a repórteres do lado de fora da Casa Branca após Trump afirmar nesta terça-feira que falou com o presidente chinês, Xi Jinping, e que as equipes dos dois líderes retomarão negociações comerciais após uma longa pausa, a fim de se prepararem para um encontro na cúpula do G20 no fim de junho.

Os EUA e a China estão envolvidos em uma guerra comercial que tem pressionado os mercados financeiros e prejudicado a economia mundial. As conversas entre os dois lados para chegar a um acordo falharam no mês passado e a interação desde então tem sido limitada.

"Nenhum resultado é garantido --eu acho que as pessoas sabem disso-- mas acho que há uma certa alegria por eles estarem voltando à discussão", disse Kudlow à Fox.

(Por David Alexander e Susan Heavey)

(POr Laís Martins)

Mais Notícias