Topo

Pane elétrica gigante deixa Argentina e Uruguai no escuro

2019-06-16T15:13:46

16/06/2019 15h13

Argentina e Uruguai foram afetados por um apagão na manhã deste domingo (16). O blackout foi provocado por uma enorme pane no sistema de interconexão elétrica compartilhado pelos dois países.

Argentina e Uruguai foram afetados por um apagão na manhã deste domingo (16). O blackout foi provocado por uma enorme pane no sistema de interconexão elétrica compartilhado pelos dois países.

"Um problema maciço no sistema de interconexão elétrica priva toda a Argentina e o Uruguai de energia", anunciou nas redes sociais a companhia de fornecimento argentina Edesur, logo pela manhã. A uruguaia UTE tuitou que às "07h06 um mau funcionamento da rede argentina afetou o sistema interligado, privando de serviço todo o território nacional, e várias províncias do país vizinho".

Em Buenos Aires, as ruas estavam vazias, mesmo se alguns supermercados e lojas funcionavam graças a geradores. O país organiza nesse domingo eleições para governador em várias províncias e muita gente teve que votar a luz de velas.

No Uruguai, apenas alguns semáforos funcionavam na capital Montevidéu, onde a iluminação pública estava totalmente apagada.

Causas ainda desconhecidas

"As causas estão sendo analisadas", informou a secretaria de Energia argentina, apontando que o fornecimento já havia começado a ser retomado em algumas regiões, mas que "o restabelecimento total pode levar várias horas".

Pouco mais de uma hora após o início do apagão, a fornecedora uruguaia UTE também informou que "em várias cidades costeiras o serviço de energia já foi retomado e os esforços continuam para restabelecer todo o serviço".

No Brasil, um porta-voz da RGE, o maior distribuidor de energia do Rio Grande Sul, informou que a pane não afetou os municípios fronteiriços.

A Argentina, que possui 44 milhões de habitantes, e o Uruguai, com 3,4 milhões, compartilham um sistema interconectado de energia elétrica centralizado na barragem binacional de Salto Grande, localizada 450 km ao norte de Buenos Aires e 500 km ao norte de Montevidéu.

(Com informações da AFP)

Mais Notícias