Topo

Oposição não tem mais motivo para ser contra texto da Previdência, diz presidente da comissão especial

Agência Câmara
Deputado Marcelo Ramos (PR-AM), presidente da Comissão Especial da Reforma da Previdência na Câmara Imagem: Agência Câmara

2019-06-13T08:14:07

13/06/2019 08h14

(Reuters) - O presidente da comissão especial da proposta de reforma da Previdência, deputado Marcelo Ramos (PL-AM), afirmou nesta quinta-feira (13) que não há motivos para a oposição se posicionar contra o texto, uma vez que os principais pontos que questionava foram retirados do parecer.

O relator da reforma da Previdência, deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), apresentará o parecer sobre a reforma nesta quinta-feira, em um movimento que tende a concentrar todas as atenções no dia, principalmente dos mercados.

Moreira já afirmou que o parecer ficará próximo do desejo da maioria, adiantando que as mudanças no BPC e na aposentadoria rural e o modelo de capitalização proposto pelo governo estarão fora.

"Ficou muito difícil para a oposição ficar contra a proposta, os cinco itens que eles questionavam caíram e me parece que essa proposta que vai a apreciação tem possibilidade de construção de uma acordo maior, inclusive trazendo alguns votos da oposição", disse Ramos em entrevista à Globonews nesta quinta-feira.

"Tivemos uma noite que serviu para baixar a temperatura, quero crer que iniciaremos os trabalhos hoje sem obstrução".

Na véspera, Ramos afirmou que fará um esforço para iniciar a votação da proposta no colegiado no próximo dia 27.

(Por Camila Moreira, em São Paulo)

Bolsonaro antes achava aposentadoria aos 65 anos "falta de humanidade"

UOL Notícias

Mais Notícias