Topo

Partido Socialista vence eleições na Espanha para o Parlamento Europeu

2019-05-26T18:54:00

26/05/2019 18h54

Madri, 26 mai (EFE).- O PSOE, partido do presidente do governo da Espanha, Pedro Sánchez, foi o mais votado no país nas eleições para o Parlamento Europeu neste domingo.

Considerando 96,25% dos votos contabilizados, o Partido Socialista Operário Espanhol obtinha 32,82% desta apuração parcial, o que equivale a 20 dos 54 postos de deputado na Eurocâmara em disputa.

O conservador Partido Popular (PP) aparece em segundo, com 20,11% (12 cadeiras), seguido pelo liberal Ciudadanos (C's), com 12,21% (7 eurodeputados) e a coalizão esquerdista Unidas Podemos (10,07% ou 6 cadeiras).

O ultradireitista Vox mostra força ao aparecer em quinto, com 6,22%, e assim deve emplacar 3 deputados no Parlamento Europeu, assim como a coalizão de partidos nacionalistas Agora Repúblicas, que aparecia na apuração com 5,70% dos votos.

A chapa Junts, liderada por Carles Puigdemont, ex-presidente do governo regional da Catalunha que está foragido da justiça espanhola, conseguiu 4,65% e 2 cadeiras, e a nacionalista Coalizão por uma Europa Solidária deve ficar com o último posto, com 2,69% dos votos.

Os resultados mostram uma franca ascensão dos socialistas, que devem conseguir 6 deputados a mais em relação às eleições europeias de 2014. Já o PP deve perder quatro, e o Ciudadanos conseguiria cinco. Por sua vez, o Vox conseguiria levar deputados à Eurocâmara pela primeira vez.

A participação de eleitores neste pleito para o Parlamento Europeu na Espanha foi de 64,36%, superando a de cinco anos atrás, que foi de 45,83%. EFE

Mais Notícias