Topo

Aborígine assumirá pasta de assuntos indígenas em novo governo da Austrália

2019-05-26T08:09:00

26/05/2019 08h09

Sydney (Austrália), 26 mai (EFE).- O primeiro-ministro da Austrália, Scott Morrison, anunciou neste domingo seu novo gabinete de governo, uma semana depois de renovar o cargo nas eleições gerais, no qual um descendente de aborígines assumirá pela primeira vez o Ministério de Assuntos Indígenas.

O escolhido é o deputado pela Austrália Ocidental, Ken Wyatt, que se tornou o primeiro descendente de aborígines a conseguir uma cadeira no parlamento, em 2010, e o primeiro a comandar um ministério, quando assumiu há dois anos as pastas de Saúde Indígena e Terceira Idade.

A nomeação de Wyatt, que substitui o aposentado Nigel Scullion, é uma das poucas mudanças que Morrison introduziu em seu governo, que contará com 22 ministros, sete deles mulheres.

Entre os que entram para o gabinete de ministros se destacam Alex Hawke (Desenvolvimento Internacional) e Stuart Robert (Serviços Governamentais), que no ano passado apoiaram Morrison na disputa pela liderança do Partido Liberal que lhe rendeu a chefia de governo.

Outra mudança vai acontecer em Defesa, pasta que será assumida por Linda Reynolds em substituição do também aposentado Christopher Pyne, enquanto seguirão em seus cargos o Tesoureiro, Josh Frydenberg, e os ministros de Finanças, Mathias Corman, e Interior, Peter Dutton, entre outros.

Morrison renovou seu governo depois que a coalizão Liberal-Nacional ganhou de forma inesperada as eleições da semana passada e obteve um terceiro mandato consecutivo. EFE

Mais Notícias