Topo

Modi tem maioria absoluta, com 303 assentos no Congresso indiano

2019-05-24T12:03:00

24/05/2019 12h03

Nova Délhi, 24 Mai 2019 (AFP) - Os nacionalistas hindus do primeiro-ministro Narendra Modi conquistaram uma esmagadora maioria no Parlamento, com 303 cadeiras nas eleições legislativas na Índia - apontam resultados definitivos publicados nesta sexta-feira (24).

O Bharatiya Janata Party (BJP) obteve o melhor resultado de sua história, pulverizando o rival. O Partido do Congresso, sigla de Rahul Gandhi, obteve apenas 52 deputados.

O partido de Modi melhora, com isso, seu desempenho nas legislativas de 2014, as quais levaram o atual premiê ao poder. Os resultados mais favoráveis foram registrados no norte do país, apesar da expectativa dos observadores de uma queda no percentual. O BJP também avançou sensivelmente no sul e no leste, longe de suas tradicionais zonas de influência.

Modi transformou estas eleições praticamente em um referendo sobre ele. Com um discurso assentado na questão da segurança e com tons alarmistas, o líder do BJP conseguiu fugir do debate sobre o resultado econômico de sua gestão - muito mais discreto.

O herdeiro da dinastia Ghandi, Rahul, perdeu até mesmo em sua circunscrição de Amethi (Uttar Pradesh, ao norte), um dos bastiões tradicionais do partido. Conseguiu, porém, uma cadeira para a próxima legislatura, de cinco anos, com a vitória em Kerala (sul).

No total, 900 milhões de eleitores foram às urnas ao longo de seis semanas. As autoridades eleitorais tiveram de anular a votação no distrito eleitoral de Vellore (Tamil Nadu, sul), onde uma grande soma em dinheiro foi apreendida.

Além das 543 cadeiras de eleição popular direta, a Lok Sabha (Parlamento) reserva duas vagas para a comunidade anglo-indiana, nomeadas pelo presidente do país depois de propostas pelo partido da situação.

stu/fox/tt

Mais Notícias