Topo

Congresso espanhol suspende quatro deputados separatistas catalães detidos

24/05/2019 10h16

Madri, 24 Mai 2019 (AFP) - O Congresso espanhol suspendeu, nesta sexta-feira (24), quatro deputados separatistas catalães eleitos nas legislativas de abril, estando na prisão e em meio ao julgamento pela tentativa de secessão desta região em 2017.

"A mesa do Congresso dos Deputados decidiu declarar automaticamente suspensos no exercício do cargo" Oriol Junqueras, Jordi Turull, Josep Rull e Jordi Sánchez, anunciou a presidente socialista da Câmara, Meritxell Batet.

A decisão foi tomada após consulta ao departamento jurídico da Casa, ao qual Batet também pediu um informe sobre como devem ser agora ser contabilizadas as maiorias da Câmara baixa no Parlamento espanhol.

A suspensão destes quatro deputados pode ter notáveis consequências políticas para o chefe de governo em final de mandato, o socialista Pedro Sánchez, ganhador das eleições de 28 de abril, mas sem maioria absoluta.

Os quatro deputados são acusados de rebelião por organizarem um referendo de autodeterminação proibido pela Justiça antes da efêmera declaração de independência desta rica região espanhola, em outubro de 2017.

Na qualidade de ex-vice-presidente e ministros dos governos regionais, Junqueras, Turull e Rull também são acusados de malversação por usarem recursos públicos para realizar a consulta.

bur-pmr/dbh/mg/eg/tt

Mais Notícias