Topo

Novo Chevrolet Onix é flagrado com pouca camuflagem meses antes da estreia

Produção do novo Onix em Gravataí (RS) começa em novembro, segundo fontes ligadas à GM - Reprodução
Produção do novo Onix em Gravataí (RS) começa em novembro, segundo fontes ligadas à GM
Imagem: Reprodução
do UOL

Do UOL, em São Paulo (SP)

21/05/2019 15h48

Resumo da notícia

  • Nova geração do carro mais vendido do país chega no fim do ano
  • Prisma, rebatizado como Onix Sedan, estreia pouco antes
  • Novo Tracker será lançado em 2020 utilizando mesma plataforma
  • Hatch e sedã terão pela primeira vez motor turbo

A segunda geração do Chevrolet Onix está quase pronta para ganhar as ruas. Prova disso é o número crescente de unidades de teste flagradas rodando perto da fábrica da General Motors em São Caetano do Sul (SP). Agora, UOL Carros recebeu de um leitor a foto de um protótipo ainda protegido por leve camuflagem, rodando na cidade do ABC paulista, visto de traseira.

No início de maio, outro exemplar havia sido flagrado na mesma região, nos arredores da sede da GM. Conforme UOL Carros já antecipou, com informações do colunista Fernando Calmon, o novo Onix começa a ser produzido em série na unidade de Gravataí (RS) em novembro, chegando às concessionárias na virada do ano.

Unidade coberta por leve camuflagem foi fotografada por leitor perto da sede da GM em SP - Reprodução
Unidade coberta por leve camuflagem foi fotografada por leitor perto da sede da GM em SP
Imagem: Reprodução

A versão sedã, por outro lado, chega antes: tem produção em larga escala começando em setembro na mesma fábrica, com lançamento previsto para outubro -- o modelo de três volumes vai trocar o nome Prisma para ser rebatizado como Onix Sedan, nomenclatura mundial.

Aliás, o novo Onix deixa de ser um carro regional para virar global, formando uma família de veículos projetada e construída sobre a nova plataforma modular criada em parceria com chinesa SAIC, que prevê cinco variações de carroceria. Essa família inclui a próxima geração do Tracker, que chega em 2020 com fabricação nacional e não mais importado do México.

O desenvolvimento do novo Onix ficou a cargo das engenharias brasileira e chinesa da GM -- não por acaso, o compacto foi apresentado pela primeira vez no Salão de Xangai (China) em abril, na configuração sedã. A chegada da segunda geração do hatch e do sedã integra o já anunciado plano de lançar 30 carros no Brasil e região até 2022, incluindo a renovação de modelos já oferecidos e veículos inéditos.

Os novos Onix e Onix Sedan devem conviver com a geração atual, oferecida como opção de entrada.

Motores turbinados

A nova família de veículos derivada do Onix terá motores de 1 litro a 1,5 litro, com opção de turbo em algumas aplicações. Esse conjunto motriz também foi desenvolvido em conjunto com a SAIC.

Aqui, o Onix deve adotar motores 1.0 (aspirado e turbo) e possivelmente 1.2 turbo, ambos com três cilindros em linha e injeção direta de combustível. Essa última opção, aliás, deve ser restrita às versões mais caras. Há também a possibilidade de a GM oferecer um motor 1.2 aspirado para outros mercados, como a Argentina.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.

Mais Notícias