Topo

Tempestade subtropical Andrea é formada no Atlântico

2019-05-20T21:38:00

20/05/2019 21h38

Miami, 20 mai (EFE).- Uma zona de baixa pressão que aparecia entre Bahamas e Bermudas transformou-se nesta segunda-feira na tempestade subtropical Andrea, com velocidade de translação de 22 km/h no sentido norte, de acordo com o Centro Nacional de Furacões (NHC, em inglês) dos Estados Unidos.

No boletim divulgado às 18h30 (19h30 em Brasília), o NHC informou que o centro de Andrea deve permanecer a sudoeste ou ao sul de Bermudas durante a terça-feira ou nos próximos dois dias.

Os dados de um avião "caçador de furacões" da Força Aérea americana indicam que os ventos máximos sustentados beiram os 65 km/h, inclusive com rajadas mais fortes.

O enfraquecimento de Andrea deve começar na noite de terça-feira e a expectativa é que o fenômeno meteorológico se dissipe na quarta-feira.

Andrea tornou-se a primeira tempestade subtropical da temporada no Atlântico, que oficialmente só terá início no dia 1º de junho. O NHC anunciará nesta semana as previsões para a temporada de 2019.

A temporada anterior também teve uma tempestade que começou dias antes do início oficial, Alberto, que levou fortes chuvas a Cuba e Flórida antes de tocar o solo, em 28 de maio de 2018.

Segundo a previsão anual da Universidade do Estado do Colorado (CSU), divulgada em 4 de abril, a temporada de furacões de 2019 no Atlântico terá uma atividade "levemente abaixo da média" devido ao baixo impacto do fenômeno meteorológico do El Niño no Pacífico. EFE

Mais Notícias