Topo

Tem câmera que "pula" e telona! Zenfone 6 aposta alto para brigar com tops

do UOL

Rodrigo Trindade*

Do UOL, em Valência

2019-05-16T15:30:00

16/05/2019 15h30

Resumo da notícia

  • Asus apresentou o novo Zenfone 6 em lançamento realizado em Valência (Espanha)
  • Novo smartphone não tem câmera frontal: a traseira pula e gira em 180º
  • Novidade da Asus conta ainda com uma telona sem entalhe e quase sem bordas na frente
  • Lançamento vem com o chip mais poderoso do mercado e promete acirrar briga com tops
  • Ainda não há previsão para o smartphone ser lançado aqui no Brasil

A Asus lançou nesta quinta-feira (16), em evento em Valência (Espanha), o seu novo celular Zenfone 6, O modelo promete acirrar a disputa com os celulares mais avançados do mercado e o que mais chama a atenção é a ausência da câmera na frente. Mas, calma. Isso não significa que o aparelho não faz selfies.

Lançado no exterior agora, o aparelho, que terá versões nas cores prata e preto, ainda não tem data para chegar ao Brasil - desembarcará por aqui apenas no segundo semestre deste ano.

Serão três versões com preços diferentes fora do Brasil:

  • 6 GB RAM e 64 GB de armazenamento: 499 euros
  • 6 GB RAM e 128 GB de armazenamento: 559 euros
  • 8 GB RAM e 256 GB de armazenamento: 599 euros

Para efeito de comparação, o Galaxy S10 tem preços entre 759 euros e 1.009 euros na Europa. Já os últimos iPhones custam entre 859 euros e 1.259 euros - o Zenfone 6 se vende como top de linha como esses aparelhos, mas os testes do UOL Tecnologia avaliarão em breve se estão no mesmo nível.

O novo smartphone da Asus vem com uma tecnologia que permite que câmera principal se transforme na de selfie - semelhante ao que marcas chinesas já fizeram e que também apareceu na Samsung com o lançamento do Galaxy A80. Como isso funciona? Bom, as lentes (de 48 MP e 13 MP) da parte de trás sobem e viram 180º com auxílio de um motor para capturar as fotos.

Rodrigo Trindade/UOL
Zenfone 6 tem câmera que pula e gira da traseira para a frente Imagem: Rodrigo Trindade/UOL

Isso traz um ganho na proporção de tela para o corpo do aparelho, que possui pouquíssimas bordas. Não há entalhe para "comer" uma faixa do topo do display, como é o caso do Zenfone 5 e até dos últimos iPhones. Nem mesmo existe a necessidade de se ter um buraquinho redondo, como ocorre com a família Galaxy S10.

Cãmeras pulam e prometem fotos boas

O Zenfone 6 vem com duas lentes principais na traseira que valem também como frontais. A de 48 MP serve para tirar as fotos, digamos, normais. O outro sensor, mais modesto com 13 MP, é grande angular e captura imagens mais panorâmicas. Para quem nunca usou, é um truque ótimo para fazer caber um grupo grande de pessoas na mesma foto ou para capturar paisagens.

Rodrigo Trindade/UOL
Câmera do Zenfone 6 'desencaixa' da traseira para tirar selfies Imagem: Rodrigo Trindade/UOL

Por conta da capacidade de "pular" e "girar", você poderá fazer selfies usando os mesmos recursos da câmera dupla principal.

Para alternar entre modo traseiro e frontal, a câmera é acionada por um motor de precisão que realiza o giro em 180º. Mas, se alguém quiser bater uma foto com as lentes posicionadas em uma posição exótica, o sistema permite essa personalização: o modo "Free Angle" (Ângulo Livre) permite que você pare o giro em qualquer ponto dos 180º.

Potência máxima

A marca também passa a adotar o nível de top de linha logo no Zenfone 6 - a versão mais parruda não será uma superior, como ocorreu com o Zenfone 5 e 5z. O Zenfone 5, lançado no ano passado, usava processador Snapdragon 636, que não era o aparelho mais poderoso na época que o smartphone chegou ao mercado.

Quais os melhores celulares de 2018? Veja os destaques de cada categoria

Leia mais

Já com o Zenfone 6, a fabricante taiwanesa quer mais uma vez acirrar a briga com os celulares mais poderosos da atualidade. No ano passado, ela lançou o Zenfone 5z, que tinha o mesmo processador do Galaxy S9, mas que custava bem menos do que os R$ 4.299 na versão mais barata - ele chegou ao Brasil custando a partir de R$ 2.499.

A empresa taiwanesa colocou o Snapdragon 855 para fazer o Zenfone 6 funcionar. Para efeito de comparação, é o mesmo processador usado no Galaxy S10, top de linha da Samsung.

Também houve ganho na memória RAM - aquela que ajuda no desempenho do celular, que saltou de 6 GB para 8 GB.Já o armazenamento chega a até 256 GB, como já ocorria com o Zenfone 5z.

Bateria de peso

O Zenfone 6 recebeu um grande avanço em relação a sua geração anterior. Ele vem com a promessa de aguentar até dois dias sem a necessidade de recarga. Será?

Se pensarmos nos números, pode bem ser verdade. Enquanto o Zenfone 5 tem uma bateria com capacidade de 3.300 mAh, o lançamento chega a trabalhar com 5.000 mAh.

Rodrigo Trindade/UOL
Traseira do novo Zenfone 6, da Asus Imagem: Rodrigo Trindade/UOL

Esse é um dos maiores valores da atualidade - no mesmo nível de outros celulares da mesma marca, como o saudoso Zenfone 3 Zoom e de outros de empresas rivais, como os novos Galaxy M20 e M30. Entre tops de linha, a quantia se apresenta como uma das maiores do mercado.

Otimização e inteligência artificial

Para competir com os melhores smartphones atuais, um novo desafiante precisa de recursos de inteligência artificial. O Zenfone 6 faz isso com a inclusão de um novo botão lateral, que tem como principal objetivo acionar o Google Assistente. Ele não se restringe a isso, podendo ser editado para realizar um total de três funções, a partir de um clique simples, um clique duplo ou uma segurada.

Outro recurso novo é o OptiFlex, que otimiza as operações do celular. O celular aprende quais são os aplicativos mais usados pelo usuário e reserva um espacinho na memória para que eles sejam carregados o mais rápido possível, o que também promete resultar na economia de energia no modo espera.

Ficha técnica: Zenfone 6

  • Tela: 6,4 polegadas
  • Sistema Operacional: Android Pie
  • Processador: Snapdragon 855 (2,8 GHz)
  • Câmeras: 48 MP e 13 MP (traseira) e 13 MP (frontal)
  • Memória: 8 GB de memória RAM
  • Bateria: 5.000 mAh

*O jornalista viajou a convite da Asus

Mais Notícias