Topo

Ford chama 270 mil Fusion na América do Norte por risco de rodar desligado

Murilo Góes/UOL
Recall válido para EUA, Canadá e México envolve veículos modelo 2013 a 2016 Imagem: Murilo Góes/UOL

David Shepardson

De Washington (EUA)

2019-05-15T10:54:12

15/05/2019 10h54

Resumo da notícia

  • Defeito permite tirar chave do contato com câmbio fora da posição "P"
  • Sedã pode se movimentar após estacionamento
  • Recall vale para EUA, Canadá e México

A Ford anunciou hoje (15) que está convocando 270 mil unidades do Ford Fusion na América do Norte por risco de o sedã se movimentar após o motorista desligar o motor.

A montadora informa que o recall afeta exemplares modelo 2013 a 2016 do sedã. Um cabo pode se soltar do câmbio automático, permitindo que o condutor remova a chave da ignição mesmo quando o veículo não estiver com a transmissão na posição "P", a recomendada para estacionamento.

A Ford está ciente de três relatos de danos à propriedade e outro de ferimento potencialmente relacionados ao defeito. A fabricante afirma que os proprietários devem sempre usar o freio de estacionamento e serão notificados quando uma correção estiver disponível.

A filial brasileira da Ford foi procurada para esclarecer se o defeito também afeta unidades do sedã vendidas no Brasil, com importação do México. A empresa não respondeu até o momento.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.

Mais Notícias