Topo

Acha que navegar em janela anônima te deixa invisível? Não é bem assim...

Reprodução
Janela anônima no Google Chrome Imagem: Reprodução
do UOL

Marcelle Souza

Colaboração para o UOL, em São Paulo

2019-04-20T04:00:00

20/04/2019 04h00

Os principais navegadores de internet têm opções para que você acesse a rede de modo oculto. Chamada de janela anônima ou privativa, essa opção permite que o usuário acesse sites sem que sejam salvos cookies, dados de formulários, downloads, histórico de navegação e de pesquisa.

Mas será que isso significa que você fica mesmo invisível ao usar esse tipo de aplicativo?

Acredito que o termo mais adequado é 'navegação sem histórico', já que esse modelo de navegação é bem limitado
Marina Pita, coordenadora do Intervozes e organizadora da CryptoRave, evento sobre privacidade e segurança na rede

Ela dá um exemplo bem fácil para entender como essas janelas funcionam: imagine que você queira consultar um site sem que a sua mãe, que utiliza o mesmo computador, saiba disso.

"Nesse caso, o site vai saber o seu IP, quem é você. A única pessoa que não vai saber é a sua mãe", explica. Isso significa que os endereços acessados ou as buscas que você faz na janela anônima não ficam visíveis automaticamente para outras pessoas. Por outro lado, o provedor de internet e os sites que você usa veem suas outras "pegadas digitais", como seu IP (que é o "RG" do seu computador), sua localização, a versão do seu navegador e o dispositivo utilizado.

Então não é tão anônimo assim?

Para tentar mostrar as limitações desse tipo de navegação, o projeto "Nothing Private" (expressão em inglês para "Nada Privado") funciona como um teste para saber se você está mesmo invisível nessa janela. Para checar, basta seguir os seguintes passos:

1) Acesse o endereço nothingprivate.ml usando uma navegação normal;
2) Escreva o seu nome no espaço em branco e clique em "See the magic" ("Veja a mágica" em inglês);

Reprodução
Imagem: Reprodução

3) Abra uma janela anônima e digite novamente o endereço;
4) Assim que o site carregar, você deve ler o seu nome, mesmo sem ter informado novamente, nessa segunda janela, porque o site foi capaz de rastrear seu histórico de navegação mesmo na janela anônima.

Reprodução
Imagem: Reprodução

Segundo Pita, o mais importante é que as pessoas entendam como funcionam essas aplicações para usá-las de maneira precavida e de acordo com a necessidade. "Para garantir mesmo o anonimato, seria necessário usar criptografia ou o Tor Project [software livre que oferece navegação mais segura], mas isso poderia comprometer a eficiência da navegação", explica.

E para que serve a janela anônima?

Apesar de limitada no quesito anonimato, a navegação privativa tem usos interessantes no dia a dia. Como ela oculta algumas informações sobre você, é indicada para casos como:

1) Navegar na internet usando computador público

Dados de pesquisas, downloads e formulários não ficam visíveis para outras pessoas.

2) Acessar sites sem que os outros saibam

Pode ser uma opção para evitar constrangimento público ou manter algum segredo.

3) Fazer pesquisas não viciadas

Como o seu buscador sabe muito sobre você, ele costuma direcionar os resultados de uma pesquisa a partir de sites e conteúdos que você já consultou no passado. Então, se você quiser um material menos personalizado, a navegação anônima pode ser uma boa opção.

4) Comparar preços de produtos

Sites também podem usar o seu histórico de navegação para manipular preços do que você geralmente procura, como já denunciou o Ministério Público do Rio de Janeiro em fevereiro de 2018. Isso significa que, se você quiser pesquisar uma passagem aérea, por exemplo, vale a pena usar o modo anônimo.

Como abrir uma janela anônima?

No Google Chrome, clique no botão para personalizar e controlar o navegador --ele tem o formato de três pontinhos e fica no canto superior direito. Em seguida, é só acionar "Nova Janela Anônima".

Quem usa o Internet Explorer deve buscar a barra de configurações no canto superior direito e, depois, clicar em "Nova janela InPrivate".

No Mozilla Firefox, o caminho é o seguinte: vá até o menu de configurações (sinalizado por um botão com três traços) na parte superior à direita e, em seguida, é só clicar em "Nova Janela Privativa".

Mais Notícias