Topo

"Bacurau", de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, vai concorrer à Palma de Ouro em Cannes

2019-04-18T07:31:53

18/04/2019 07h31

Três anos depois de "Aquarius", o diretor brasileiro garante novamente sua presença no tapete vermelho na 72ª edição do festival com um filme codirigido por Juliano Dornelles.

Três anos depois de "Aquarius", o diretor brasileiro garante novamente sua presença no tapete vermelho na 72ª edição do festival com um filme codirigido por Juliano Dornelles.

O anúncio foi feito nesta quinta-feira (18) durante a coletiva de imprensa dos diretores do Festival, Thierry Frémaux e Pierre Lescure. Com "Bacurau", estrelado por Sonia Braga, Kleber Mendonça Filho envereda por novas praias em um longa que mistura elementos de western, aventura e ficção científica.

Filmado no sertão de Seridó, divisa do Rio Grande do Norte com a Paraíba, conta a história de um cineasta que viaja para Bacurau, um vilarejo no interior e, aos poucos, percebe que os moradores escondem perigosos segredos.

"Antigamente tinha a presença muito grande de filmes sobre o sertão, a seca, a fome, o filme sobre a favela, o filme sobre a ditadura militar onde sempre tinha uma cena onde guerrilheiros vão roubar um banco. Tudo parecia muito distante, muito grande, eram grandes pinceladas em grandes temas. Os filmes agora estão menores, e talvez por isso mesmo maiores", disse o diretor em entrevista à RFI Brasil em 2017, quando ainda escreviam o roteiro de "Bacurau".

"Isso veio com esta nova geração e com o fato de que, realizar, no cinema, se tornou muito mais acessível com as novas tecnologias digitais. Hoje é possível fazer filmes digitais com orçamento pequeno, entre R$ 100 mil e R$ 1 milhão, filmes às vezes feitos com equipes pequenas", detalhou, na época, o diretor pernambucano.

Na disputa pela Palma de Ouro, estão grandes diretores como Pedro Almodóvar, Ken Loach, Jim Jarmush, os irmãos Dardenne e Xavier Dolan. Neste ano, o Festival, que acontece entre 14 e 25 de maio, homenageará a diretora francesa Agnès Varda, que morreu no dia 29 de março aos 90 anos.

Alain Delon ganha homenagem

O ator Alain Delon também será homenageado pelo conjunto de sua obra. O júri neste ano será presidido pelo diretor mexicano Alejandro González Iñarritu, famoso pelos filmes "O Regresso" e "Birdman."

Mais Notícias