Topo

'Estrutura está preservada', diz governo francês sobre Notre-Dame

Philippe Wojazer/Pool/AFP
15.abr.2019 - Altar e cruz no interior da catedral de Notre-Dame, em Paris, permaneceram intactos após um forte incêndio que destruiu dois terços do teto do edifício Imagem: Philippe Wojazer/Pool/AFP
do UOL

Ana Carla Bermúdez e Luciana Quierati

Do UOL, em São Paulo*

2019-04-15T17:54:05

2019-04-15T20:23:29

15/04/2019 17h54Atualizada em 15/04/2019 20h23

Após mais de três horas de incêndio na catedral de Notre-Dame, em chamas desde as 13h50 de hoje (18h50 na França), as autoridades francesas afirmaram que a estrutura da catedral, declarada Patrimônio Mundial da Humanidade em 1991, foi poupada.

"Podemos acreditar que a estrutura do prédio está segura", afirmou o número dois do ministério do Interior, Laurent Nunez, por volta das 18h (23h na França).

Nunez pediu cautela, mas disse que está mais "otimista". Uma hora antes, o chefe dos Bombeiros havia dito que não sabia se seria possível controlar o fogo -- que agora começa a dar sinais de arrefecimento.

"A estrutura está salva e preservada na sua totalidade", confirmou Jean-Claude Gallet, comandante da brigada à frente da operação.

Gallet também afirmou que um bombeiro teria ficado seriamente ferido na operação, sem dar mais detalhes.

Macron: "vamos reconstruir a Notre Dame"

Em entrevista concedida a jornalistas, o presidente da França, Emmanuel Macron, lamentou o incêndio que atingiu a catedral, classificando-o como um "drama terrível", e disse que será feito um apelo a vários "talentos" do país para reconstruir a catedral.

"Vamos fazer um apelo aos maiores talentos e vamos reconstruir a Notre Dame, porque é isso que os franceses esperam e nossa história merece", declarou.

Segundo Macron, a fachada e a estrutura principal da catedral de Notre Dame não irão desabar graças ao trabalho dos bombeiros, a quem ele agradeceu pela "coragem extrema" e "profissionalismo".

Arte/UOL
Imagem: Arte/UOL
O incêndio não deixou turistas, fiéis, nem membros da igreja feridos. Mas fez ceder o pináculo -- uma estrutura em formato de flecha, com 93 metros de altura, que passava por reformas. A estrutura era formada por 500 toneladas de madeira e 250 toneladas de chumbo.

Valérian Fuet, porta-voz dos bombeiros, disse que a localização da catedral, em uma ilha fluvial no meio de Paris, dificulta a ação dos bombeiros.

A agência de defesa francesa disse que aviões que despejam água são inadequados para incêndios como o de Notre Dame, porque poderiam causar o colapso de toda a estrutura.

Segundo o jornal Le Parisien, os bombeiros trabalham agora na evacuação de obras de arte da catedral e também na tentativa de preservar a parte de trás do edifício. "As obras mais valiosas já se encontram abrigadas", disse Gallet.

Estrutura desaba após fogo em Notre-Dame

UOL Notícias

Fiéis retirados durante a missa

Uma missa iniciada às 18h15 estava em seus momentos finais quando o incêndio começou.

Segundo as televisões francesas, os fiéis foram retirados com tranquilidade quando funcionários da igreja notaram o incêndio no alto.

A princípio, pensaram se tratar de um foco isolado e não imaginavam a dimensão que as chamas tomariam.

*Com agências de notícias

Mais Notícias