Topo

Marinha alerta possível ciclone na costa do Espírito Santo e Bahia

BBC
Vórtice do ciclone tropical 03B que atingiu a costa leste da Índia no fim de 2003 Imagem: BBC
do UOL

Leonardo Martins

Do UOL, em São Paulo

2019-03-22T16:06:17

22/03/2019 16h06

A Marinha brasileira emitiu comunicado ontem alertando para a possível formação de um ciclone a partir de amanhã sobre o oceano Atlântico, na costa leste do Espírito Santo e da Bahia. O ciclone pode durar até a próxima terça-feira (26).

Segundo o órgão, junto à chuva intensa, a condição de tempo severo ocorrerá em alto-mar com ventos intensos e rajadas. A Marinha não descarta um aumento da velocidade dos ventos, chegando até a 89 km/h, na costa do Rio de Janeiro e também no sul da Bahia, além de chuvas moderadas.

No comunicado, a Marinha pede para que as informações sejam divulgadas às comunidades de pesca, esporte e recreio e que eles consultem essas previsões antes de entrarem em alto-mar.

O comunicado foi elaborado pelo Centro de Hidrografia da Marinha em parceria com o CPTEC (Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos).

A Marinha endossa que todas as atualizações desse evento serão divulgadas no site da Marinha e do CPTEC e também nas redes sociais dos órgãos.

Intensidade é imprevisível

De acordo com Wesley de Souza Campos Correa, pesquisador de climatologia na UFES (Universidade Federal do Espírito Santo), não é possível prever se a intensidade do ciclone que pode atingir a costa do estado poderá destruir carros ou casas.

"Qualquer tipo de ciclone tem uma característica básica: muita chuva e muito vento. Agora, a intensidade é muito difícil de especificar. Pode ser um ciclone sem muitos prejuízos como pode ser bem forte", afirma.

Correa diz que, mesmo o Brasil não tendo episódios frequentes de ciclones, esse episódio está associado ao mês de março ser característico de tempestade tropical e subtropical, sobretudo na costa do Brasil, onde a água é mais quente"

Segundo o pesquisador, "a frente fria que se aproxima do estado ainda pode reforçar o ciclone, por isso o alerta tem que continuar em estado máximo".

O que é um ciclone

Os ciclones são fenômenos que acontecem principalmente em regiões equatoriais e tropicais. Eles provocam ventos com velocidade superior a 200 km/h e chuvas intensas, geralmente, causando estragos por onde passam.

O ciclone acontece sobre as águas quentes dos oceanos, onde o aquecimento de uma região origina um centro de baixa pressão atmosférica e, assim, forma-se o ciclone.

Dependendo da sua localização, o ciclone recebe outros nomes, como furacão ou tufão.

Mais Notícias