PUBLICIDADE
Topo

Bolsonaro: democracia só existe porque Forças Armadas "assim o querem"

O presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL) - Fábio Motta/Estadão Conteúdo
O presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL) Imagem: Fábio Motta/Estadão Conteúdo

Do BOL, em São Paulo

07/03/2019 13h34

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) afirmou nesta quinta (7) que a democracia só existe porque as Forças Armadas "assim o querem". O discurso foi feito para uma plateia de militares na cerimônia do 211º aniversário do Corpo de Fuzileiros Navais, na Fortaleza de São José da Ilha de Cobras, no Rio de Janeiro, segundo reportagem da Folha de S.Paulo.

Bolsonaro disse a frase ao explicar a "missão" que assumiu ao ser eleito presidente. "A missão será cumprida ao lado das pessoas de bem do nosso Brasil, daqueles que amam a pátria, daqueles que respeitam a família, daqueles que querem aproximação com países que têm ideologia semelhante à nossa, daqueles que amam a democracia. E isso, a democracia e liberdade, só existe quando a sua respectiva Força Armada assim o quer", discursou o presidente.

Além desta declaração, Bolsonaro voltou a defender uma das principais bandeiras de sua campanha eleitoral, o excludente de ilicitude para militares que provocarem mortes em missões. "Quero oferecer retaguarda jurídica para que os militares possam vir a cumprir seu trabalho, em especial em missões extraordinárias", declarou o presidente no discurso que durou pouco mais de quatro minutos.

Bolsonaro também tocou em outro assunto polêmico: a inclusão dos militares na reforma da Previdência. Ele afirmou que Exército, Marinha e Aeronáutica serão incluídas na reforma, mas que "não esqueceremos as especificidades de cada Força".

Para receber notícias do Brasil e do mundo, acesse o Messenger do BOL, digite "Notícias" e clique em "Sim". É simples e grátis!

Notícias