Topo

Marfrig vê IPO nos EUA entre alternativas para destravar valor

Gerson Freitas Jr.

27/02/2019 21h08

(Bloomberg) -- Marfrig Global Foods pode considerar uma oferta de ações dos EUA entre as opções para destravar valor e reduzir o custo de crédito, disse seu diretor executivo.

"Podemos olhar para o mercado americano se fizer sentido - não descartamos nada", afirmou o CEO Jose Oliveira Miron, em uma entrevista em São Paulo, na quarta-feira. Embora não haja qualquer movimentação em curso, o executivo disse que a empresa está aberta a "boas soluções".

O frigorífico, que no ano passado comprou a National Beef, quarta maior produtora de carne bovina dos Estados Unidos, obtém cerca de 70% de sua receita de suas operações nos EUA. A aquisição fez da Marfrig o segundo maior fornecedor mundial de carne bovina.

A Marfrig voltou a lucrar após várias perdas anuais consecutivas após a venda da Keystone Foods para a Tyson, no ano passado, informou a companhia no final da quarta-feira. Também foi capaz de reduzir significativamente os níveis de endividamento.

As empresas brasileiras normalmente enfrentam custos mais altos de crédito e carregam mais caixa para mitigar riscos do que os rivais nos EUA, disse Miron. As ações da Marfrig caíram 11% no ano passado, superando a maioria dos pares acompanhados pela Bloomberg.

Título em inglês:Brazilian Beef Giant Marfrig May Consider U.S. IPO, CEO Says

Notícias