PUBLICIDADE
Topo

Aplicativo ajuda a desenvolver a fala em crianças com Síndrome de Down

Getty Images
Imagem: Getty Images

Do BOL

em São Paulo

19/02/2019 18h15

O Departamento de Computação e Matemática da FFCLRP/USP (Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da Universidade de São Paulo Ribeirão Preto) desenvolveu o FalaSofia, um aplicativo com o objetivo de melhor a qualidade de vida de pessoas com dificuldades de fala decorrentes da Síndrome de Down. As informações são do Jornal da USP.

Ainda em fase de testes, a ferramenta capta sons e imagens dos exercícios de fala feitos durante sessões de fonoaudiologia, os analisa e emite duas respostas: uma lúdico-educacional direcionada ao paciente e ao responsável pelo treino, e outra para o fonoaudiólogo com dados métricos e estatísticas para que o profissional avalie, acompanhe e oriente a evolução da criança.

"À medida que ela repete movimentos e sons - um beijo, um estalo de língua ou um sopro - e até mesmo quando articula uma palavra ou uma frase, o aplicativo manipula a informação e compara com um modelo adequado de produção desses sons. Em caso de dúvidas, a criança ou o tutor pode acessar imagens, vídeos e sons de orientação com um simples toque", disse ao Jornal da USP a professora Alessandra Alaniz Macedo, uma das coordenadoras do projeto.

(Com informações do Jornal da USP)

Para receber notícias do Brasil e do mundo, acesse o Messenger do BOL, digite "Notícias" e clique em "Sim". É simples e grátis!

Notícias