PUBLICIDADE
Topo

Activision Blizzard demite quase 800 funcionários, segundo sites

Divulgação
Imagem: Divulgação
do UOL

Do GameHall

13/02/2019 09h14

Depois de rumores que começaram a circular desde dezembro, A Activision Blizzard começou a demitir 8% de sua força de trabalho em todo o mundo. Segundo a Variety e o Kotaku, serão dispensadas em torno de 775 pessoas (aproximadamente), de um total de 9600 funcionários, com cortes atingindo áreas de publicação e esports.

Em um comunicado enviado a funcionários da Blizzard obtido pelo Kotaku, a empresa afirma que "áreas da empresa terão sua escala reduzida", por ter áreas com uma quantidade "desproporcional" de funcionários. O comunicado também menciona um "abrangente pacote de indenização" aos funcionários afetados, além de outros tipos de assistência e bônus de participação de lucros obtivos pela empresa em 2018.

Os problemas começaram a surgir com força após o anúncio do encerramento de diversas modalidades de esports de "Heroes of The Storm", com os jogadores e as organizações de esportes eletrônicos criticando fortemente a produtora desde então. Além disso, a Bungie iniciou o processo de readquirir a franquia Destiny, onde ela pretende publicar os jogos sem a ajuda da Activision.

A Activision soltou um comunicado financeiro onde o Bobby Kotick, diretor executivo, comentou que "embora os nossos resultados financeiros de 2018 tenham sido os melhores de nossa história, não atingimos todo o nosso potencial. Para atingir o potencial completo fizemos várias mudanças importantes na liderança . Essas mudanças podem nos permitir alcançar as muitas oportunidades que a nossa indústria oferece, incluindo as nossas poderosas franquias, bem como as fortes capacidades comerciais e nossas conexões digitais com centenas de milhões de jogadores, e nossos funcionários extraordinariamente talentosos".

As principais franquias da Activision Blizzard são "Call of Duty", "Candy Crush", "Warcraft", "Hearthstone", "Overwatch", "Diablo", "Starcraft" e "Heroes of The Storm". Este ano terá um novo título da série "Call of Duty", que voltará a ter campanha de 1 jogador, modo cooperativo e um multiplayer "grande e expansivo", sugerindo conteúdos regulares pós-lançamento. O título mais recente da franquia é "Call of Duty: Black Ops 4", totalmente focado no multiplayer, com modos de jogo clássicos, zumbis e o "Blackout", modo de battle royale.

Notícias