Topo

MS: Patrão é suspeito de esfaquear funcionário; razão seria atraso de 30min

do UOL

Marina Lang

Colaboração para o UOL

12/02/2019 17h29

Um homem de 43 anos foi golpeado na cabeça, nas costas e no braço esquerdo com um facão pelo patrão em um posto de combustível na BR-163, localizada na região rural de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, na tarde do último domingo (10). 

Segundo registrou a vítima em boletim de ocorrência, ao qual o UOL teve acesso, o motivo das agressões foi o fato de ela ter se atrasado por cerca de 30 minutos para o trabalho. 

O golpe desferido na cabeça do homem deixou um ferimento profundo de cerca de 10 cm, segundo equipe do Corpo de Bombeiros que prestou os primeiros socorros no local. 

O patrão, identificado pelo agredido apenas pelo primeiro nome de Fernando, estava "muito irritado" e teria fugido em um caminhão Volkswagen Baú de cor branca com destino a Goiânia.

Reprodução/Google Street View
Imagem: Reprodução/Google Street View

A Polícia Civil fez diligências na BR-163, mas não conseguiu localizar o suspeito. Ele comandava uma equipe de venda de capas para bancos de carros e redes de descanso, da qual a vítima fazia parte. 

A vítima foi encaminhada para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Moreninha III, no Bairro Vila Moreninha. Ao UOL, a unidade informou que não poderia comentar o estado de saúde do paciente. 

Nenhum representante da Secretaria Municipal de Campo Grande foi localizado para informar o quadro clínico do paciente, que não possui residência e telefone fixos. 

Mais Notícias