Topo

Democrata Julián Castro anuncia candidatura à Presidência dos EUA em 2020

12/01/2019 16h56

Washington, 12 jan (EFE).- O democrata Julián Castro, que foi secretário de Habitação no governo do ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama (2009-2017), confirmou neste sábado sua candidatura nas eleições presidenciais de 2020.

"Eu sou candidato a presidente dos EUA", disse Castro, de 44 anos e origem mexicana, primeiro em inglês e depois em espanhol, diante dos seus seguidores em San Antonio, cidade da qual foi prefeito entre 2009 e 2014.

"Quando minha avó chegou aqui há quase cem anos, tenho certeza de que jamais teria imaginado que só duas gerações depois um dos seus netos seria membro do Congresso dos EUA e o outro estaria aqui diante dos senhores dizendo estas palavras", acrescentou o político, em referência ao seu irmão, Joaquín, legislador federal pelo Texas.

Nas eleições presidenciais de 2016, Castro foi um dos nomes cogitados como possível companheiro de chapa de Hillary Clinton, mas o senador Tim Kaine foi escolhido como candidato democrata a vice-presidente.

A notícia sobre sua possível candidatura chega depois que a senadora democrata Elizabeth Warren, uma das figuras mais populares e progressistas do Partido Democrata, anunciou no início do ano que planeja concorrer à Presidência nas eleições de 2020.

Junto a Elizabeth e Castro, também confirmaram sua intenção de concorrer nas primárias democratas os legisladores John Delaney (Maryland) e Tulsi Gabbard (Havaí).

Espera-se que este grupo continue aumentando nas próximas semanas, de onde sairá o candidato democrata para enfrentar nas eleições o atual presidente, o republicano Donald Trump, que já afirmou que tentará a reeleição. EFE

Mais Notícias