Topo

"Podia ter morrido", diz menina empurrada de ponte a 18 metros de altura

Reprodução/KPTV
Jordan Holgerson, 16, que foi empurrada de ponte com 18 metros de altura, falou com jornalistas Imagem: Reprodução/KPTV

Do BOL, em São Paulo

10/08/2018 10h26

Empurrada de uma ponte de 18 metros de altura em Moulton Falls, em Washington, Jordan Holgerson conversou com a imprensa pela primeira vez nesta quinta-feira (9), dois dias após o ocorrido. "Podia ter morrido, facilmente", desabafou na entrevista coletiva. "Estou feliz por estar bem."

Em um encontro com a imprensa no hospital PeaceHealth Southwest, Jordan Holgerson, 16, disse que está com muita dor -- ela quebrou cinco costelas, perfurou o pulmão e ficou com bolhas de ar no peito. Por causa disso, ela não poderá praticar esportes nem viajar de avião por três meses.

Leia também:

Ela contou aos jornalistas que, durante a queda, sua mente sofreu um apagão, mas que tentou "cair em pé". A tentativa não deu certo, e ela acabou mergulhando de mau jeito, com os braços e as pernas em movimento. Quando atingiu a água, sofreu para respirar. "Não conseguia respirar. Era tudo que eu conseguia pensar." Assista ao momento abaixo.

A menina assistiu ao vídeo de sua queda e o classificou como "chocante e assustador". Ao ser questionada sobre a pessoa que a empurrou, uma mulher ao lado da garota recomenda: "Diga: 'Sem comentários'". Jordan disse que não pode comentar sobre o assunto. Nenhuma pergunta relacionada ao responsável por sua queda foi respondida.

Outra voz a impediu de comentar se ela pensava em pular quando chegou no local, mas a jovem contou que já tinha nadado naquele lago e visto outras pessoas pulando da ponte, mas que nada ruim havia acontecido até então. Por isso, Jordan mandou um alerta para pessoas que estejam pensando em fazer algo parecido: "Tenha certeza de que sabe o que está fazendo. Terá consequências". No local, há uma placa para que os visitantes não pulem da ponte -- além da altura, há pedras no fundo do rio. 

Apesar disso, ela disse não ter ficado com trauma de água e que ainda pretende se divertir. Jordan agradeceu todo o apoio que tem recebido na internet e fora dela, mas não gosta da atenção da mídia (disse ter mais de 5 mil novos seguidores no Instagram) e de todas as notificações que tem recebido em seu telefone. 

Entenda o caso

Na última terça-feira (7), Jordan Holgerson, 16, e alguns amigos foram a Moulton Falls, em Washington. Quando estava na beira da ponte de 18 metros de altura, a jovem pensou em desistir da ideia, mas foi empurrada e caiu de mau jeito na água, quebrando cinco costelas, perfurando o pulmão e tendo uma bolha de ar no peito. 

Facebook/Jordan Holgerson/YouTube/Ashley Mahree
Empurrada de uma ponte de 18 metros, Jordan Holgerson, 16, quebrou cinco costelas Imagem: Facebook/Jordan Holgerson/YouTube/Ashley Mahree

"Minha filha vai ter um longo caminho para a recuperação e eu acho que quem a empurrou deveria se entregar. Isso não está certo. Ela poderia ter matado minha filha", disse a mãe da garota, Genelle Holgerson, em entrevista ao jornal local Katu.

A garota foi resgatada pelo corpo de bombeiros e levada ao Centro Médico Southwest PeaceHealth, em Vancouver, cidade localizada no estado americano de Washington.

Em entrevista ao jornal local Koin, a irmã da vítima, Kaytlin, disse que espera que o vídeo seja uma lição para as pessoas ficarem longe da ponte e que não façam saltos. 

Reprodução/The Sun
Jordan Holgerson quebrou cinco costelas, perfurou o pulmão e ficou com bolhas de ar no peito Imagem: Reprodução/The Sun

Quer receber notícias de graça por mensagem no seu Facebook? Clique AQUI e digite Notícias após acessar o Messenger. É muito simples!

Mais Notícias