Topo

Ex-produtor pornô é o vereador mais votado de Maceió

Anivaldo Lobo é eleito vereador em Maceió com o maior número de votos da capital - Zé Carlos Barreta/Folhapress
Anivaldo Lobo é eleito vereador em Maceió com o maior número de votos da capital Imagem: Zé Carlos Barreta/Folhapress

do BOL, em São Paulo

03/10/2016 13h02

Anivaldo Luiz da Silva (PR), mas conhecido como Lobo, foi o candidato a vereador que recebeu mais votos em Maceió (AL) nas eleições de 2016, segundo a Folha de S.Paulo. O ex-produtor pornô e vocalista da banda Cheiro de Calcinha recebeu 24.969 votos, 6,01% dos votos válidos.

Lobo, que se candidatou pela quarta vez a um cargo legislativo, teve quase 10 mil votos a mais que o segundo lugar, a candidata Tereza Nelma (PSDB), de acordo os dados do TSE. Ambos fazem parte da coligação de Rui Palmeira (PSDB), candidato mais votado à prefeitura e que irá para o segundo turno.

A primeira tentativa de Lobo aconteceu em 2010, tentando uma vaga de deputado estadual. Na época, Anivaldo tinha uma produtora de filmes eróticos, dirigidos por ele mesmo, com cerca de 100 filmes. Longe dos filmes pornôs, Lobo é vocalista da banda de rock brega Cheiro de Calcinha.

Redenção em Salvador

Na capital baiana, um candidato que chamou a atenção, e foi eleito, foi o cantor Igor Kannário, que já foi detido por porte de drogas, segundo a Folha de S.Paulo.

Igor, apresentado na urna como "Igor Kanario Principe do Gueto", recebeu 11.432 votos, terminando a contagem como o 14° candidato mais votado de Salvador. Após duas detenções por porte de drogas no ano passado, sua reviravolta teve o apoio do prefeito reeleito ACM Neto.

Sem espaço nos blocos oficiais do Carnaval de 2015, Kannário recebeu uma "oportunidade" do prefeito e foi contratado para tocar em um desfile aberto. A apresentação de Kannário rendeu um hit, "Tudo Nosso, Nada Deles", e elogios de outros artistas e do governo: "Nunca registramos uma multidão tão grande no Campo Grande quanto na passagem dele", disse o prefeito,

Igor admite ser usuário de maconha, mas nega relação com o tráfico, apesar das detenções e das acusações de que faz apologia à violência e às drogas.

(Com informações da Folha de S.Paulo)

Mais Notícias