Topo

Jovem mata mãe e padrasto e come partes dos corpos das vítimas na Argentina

30.set.2015 - Jovem de 25 anos e a meia-irmã, que também era sua namorada, cometeram o crime em Pilar, na Argentina - Reprodução/Diaro 21
30.set.2015 - Jovem de 25 anos e a meia-irmã, que também era sua namorada, cometeram o crime em Pilar, na Argentina Imagem: Reprodução/Diaro 21

Do BOL, em São Paulo

30/09/2015 17h43

Um duplo assassinato chocou a cidade de Pilar (a 60 km de Buenos Aires), na Argentina. Um jovem foi preso após confessar ter matado a mãe e o padrasto com a ajuda da meia-irmã, que também era sua namorada. Após o crime, os dois teriam comido parte dos corpos das vítimas. As informações são do jornal local Diario 21.

Segundo a publicação, Leandro Yamil Acosta, de 25 anos, matou os dois por vingança. De acordo com o acusado, os irmãos, mais novos, teriam sofrido abusos quando eram mais novos. Karen Klein, meia-irmã e namorada de Leandro, de 22 anos, foi presa por tê-lo ajudado a limpar o local do crime.

Ricardo Klein foi baleado na cabeça enquanto dormia. Já a esposa, Miryam Kowalckuz, levou um tiro quando entrava na casa em que vivia a família.

"Ele [Leandro] me contou que praticou canibalismo, comeu partes dos corpos. Disse que foram tranquilos os assassinatos, que foram quase ‘orgásmicos’ para ele", afirmou a advogada de defesa do jovem, Mónica Chirivin, em entrevista ao Diario 21.

O caso foi descoberto quando a polícia encontrou pedaços de uma pelve de mulher e de uma coluna vertebral dentro de um balde que estava no terraço da casa.

Mais Notícias