PUBLICIDADE
Topo

Documentário mostra prisão e suspeita de máfia em fila do iPhone 6 nos EUA

Mulher é presa durante fila para compra do iPhone 6, em Nova York (Estados Unidos) - Reprodução
Mulher é presa durante fila para compra do iPhone 6, em Nova York (Estados Unidos) Imagem: Reprodução
do UOL

Do UOL, em São Paulo

22/09/2014 12h27

Um documentário publicado na última sexta-feira (20), quando começou a venda dos novos iPhones em alguns países, mostra o lado B do início da comercialização de gadgets da Apple nos Estados Unidos. Filmado em Nova York, o vídeo de seis minutos  sugere a existência de uma “máfia da fila” encabeçada por chineses e exibe até a prisão de uma mulher asiática

O documentarista norte-americano Casey Neistat mostra as primeiras pessoas da fila em algumas Apple Stores. Em vez de aficionados pela marca, em algumas lojas há chineses (na maioria das vezes idosos) que mal falam inglês. Além disso, eles se submetem a situações desumanas durante a fila. Em uma das tomadas do vídeo, é mostrada uma pessoa dormindo dentro de um saco de lixo. Em outra, uma mulher discute com policiais e, em seguida, é presa. A razão não é explicada no vídeo. 

Pessoa dorme dentro de saco de lixo durante fila para comprar iPhone 6 em Nova York - Reprodução - Reprodução
Pessoa dorme dentro de saco de lixo durante fila para comprar iPhone 6 em Nova York
Imagem: Reprodução

Em vídeos sobre o início das vendas de produtos Apple, há sempre fãs empolgados. No entanto, os chineses simplesmente entram no estabelecimento e compram dois iPhones com dinheiro em espécie. O cinegrafista seguiu um desses chineses e viu que ele entregou os aparelhos a um jovem, que verificou as mercadorias e paga uma quantia por eles.

Acredita-se que existe uma máfia nos Estados Unidos que revende aparelhos na China. Como o país foi deixado de lado na primeira leva da venda dos novos smartphones da Apple, um iPhone 6 Plus de 128 GB chega a ser comercializado por até US$ 2.580 no país asiático -- nos Estados Unidos, o modelo sai por US$ 949.

O documentário, chamado “Black Market Takes Over the iPhone 6 Lines” (algo como “mercado negro domina filas do iPhone 6”), está disponível no YouTube e está todo em inglês.

(Com "The Verge")

Notícias