Topo

Só dá ela! 11 episódios marcantes da vida de Sandy

Colaboração para o BOL

28/01/2019 08h01

Chegou a vez de Sandy soprar 36 velinhas! Nesta segunda-feira (28/1/2019), a irmã de Junior comemora mais um ano de vida, e o BOL separou alguns episódios marcantes da carreira da artista, que desde pequena encanta fãs dentro e fora do Brasil.
 

  • Reprodução/Twitter

    Nome de cinema

    Sandy Leah, mais conhecida como Sandy, recebeu esse nome porque os pais, Xororó e Noely, começaram a namorar justamente no dia em que foram ver o filme "Grease - nos tempos da Brilhantina", com Olivia Newton-John, cuja personagem carregava a alcunha que os pombinhos resolveram dar para a filha. O segundo nome da cantora, Leah, é bíblico de origem hebraica

  • Bel Pedrosa/Folhapress

    Sandy & Junior

    De 1989 a 2007, a música brasileira contou com uma dupla de irmãos que até hoje inspira fãs pelo país todo. Juntos, Sandy e Junior gravaram 18 álbuns. "A gente está superfeliz. Foram 17 anos fazendo aquilo que nos dava muita alegria, realizava a gente como artista e como pessoa. Mas a gente sentiu que, para mudar, precisava começar uma coisa diferente. Foi uma decisão e, graças a Deus, foi tomada em comum acordo com meu irmão. Foi muito bom, a gente não se arrependeu", ponderou a artista ao falar sobre o fim da dupla em conversa com Faustão em 2018

  • Divulgação

    Atriz

    Ao lado do irmão, Sandy estrelou, de 1999 a 2003, um programa de TV com o nome da dupla. Mas a carreira de atriz da cantora não para por aí. Além dos trabalhos feitos para o cinema - como "Aquária" (2003) -, ela surpreendeu ao aparecer como a protagonista da novela global "Estrela Guia", em 2001. Em 2012, marcou presença no episódio "A reacionária do Pantanal", da série "As Brasileiras"

  • Carlos Della Rocca

    Lucas Lima

    Sandy iniciou o relacionamento com o maridão em 1999 - um ano após conhecê-lo -, aos 16 anos. Porém, seis meses depois, eles terminaram e retomaram o namoro em 2001, rompendo novamente em menos de um ano. Desde 2004, eles parecem seguir firmes e fortes, sem sinal de nova instabilidade na relação. Em 2008, subiram ao altar

  • Reprodução/Instagram

    Paulo Vilhena

    Em 1999, Sandy engatou um relacionamento com o ator Paulo Vilhena, com quem trabalhava no seriado "Sandy e Junior", na Globo. Os pombinhos ficaram juntos por oito meses e foram acompanhados de perto por fãs que torciam por um final feliz dentro e fora das telas

  • Fernandes/Folhapress

    Carreira paralela

    Em 2008, Sandy se formou em Letras pela PUC Campinas. "Tenho mais embasamento teórico para fazer o que sempre gostei de fazer, e agora posso fazer um pouco melhor", pontuou a cantora em entrevista à IstoÉ Gente

  • Divulgação

    Uma querida!

    Dentro e fora do Brasil, Sandy conseguiu emplacar parcerias de sucesso, como Pedro Mariano, Gilberto Gil, Milton Nascimento, Caetano Veloso, Ivete Sangalo, Maria Gadú, Tiago Iorc, Andrea Bocelli (foto), Enrique Iglesias, Taboo - do Black Eyed Peas -, Nerina Pallot, entre outros

  • Manuela Scarpa/Photo Rio News

    Carreira solo

    Em 2007, mesmo ano em que anunciou o fim da dupla com o irmão, Sandy passou a se apresentar sozinha, com um repertório bem diferente do que costumava seguir enquanto fazia parte da dupla. Dois anos depois, ela esteve entre as artistas mais ouvidas no Canadá com o single "Scandal". Em 2010, lançou o CD "Manuscrito", conquistando ainda mais fãs. Na imagem, ela aparece ao lado dos pais

  • Jairo Goldflus

    Declaração polêmica

    Até hoje, uma declaração tirada do contexto faz com que Sandy seja constantemente lembrada. Em 2011, ela afirmou em entrevista à revista Playboy que "É possível ter prazer anal". Bastou para causar um verdadeiro furor na mídia. "Não foi bem aquilo, mas tá valendo", rebateu a artista posteriormente

  • AgNews

    Theo

    O filho de Sandy nasceu no dia 24 de junho de 2014. Preocupada, a mãe coruja acompanha de perto o desenvolvimento do herdeiro, estipulando um cardápio especial seguido à risca e um horário definido para ver TV. "Eu nunca realmente escondi o rosto dele, só preservo a imagem do meu filho, são coisas bem diferentes. O Theo ainda é muito pequeno, tem o direito de escolher o que quer para a vida dele, temo por sua segurança em um mundo tão violento", explicou a artista no Instagram, justificando o fato de não expor o menino e já ter até brigado com fãs que postaram imagens da criança

  • Leo Franco/AgNews

    Chega de herdeiros!

    A mãe de Theo não tem vontade de repetir a dose. Segundo revelou em entrevista à revista Glamour, sua consciência social a impede de dar um irmãozinho ao garoto, uma vez que há uma quantidade limitada de recursos para uma população já bastante vasta. "Estamos bem preenchidos com o Theo, não sentimos falta de mais nada. O mundo está superpovoado. Tudo é complicado, às vezes, é quase irresponsabilidade ter filho hoje em dia. Se você pensar muito, não tem. Está bom do jeito que está", afirmou à Contigo!

Mais Listas