PUBLICIDADE
Topo

No aniversário da Rihanna, conheça a trajetória da cantora

Colaboração para o BOL

20/02/2019 08h00

A bela Robyn colocou a pequena ilha de Barbados, se não no centro do mundo, pelo menos na rota dos furacões. Rihanna, que completa 31 anos no dia 20 de fevereiro de 2019, é um fenômeno das Antilhas e da música pop mundial. Sucesso nos palcos e nos negócios, a cantora que começou a carreira aos 16 anos. Desde então coleciona recordes, filmes e polêmicas. Conheça 15 fatos curiosos sobre RiRi.

  • Reprodução/Loop Saint Lucia

    Seu nome é Robyn

    Rihanna, na verdade, é o nome do meio de Robyn Ryhanna Fenty. 'Rih Anna' significa manjericão doce em Barbados. Porém, para a família Rianna, a artista ainda é chamada de Robyn

  • Reprodução/Instagram @badgalriri

    Natural de Barbados

    A cantora nasceu no país mais oriental das Antilhas: Barbados. A ilha, que ostenta na bandeira um tridente negro em referência à independência da colonização inglesa, é do tamanho de Curitiba (432 km²) e a única fora da rota dos furacões no Caribe

  • Reprodução/NationNews

    Já presenciou um exorcismo

    A igreja que frequentava com os pais quando criança era célebre em exorcismos. No meio do culto, pessoas levantavam gritando e girando, enquanto os restantes se apinhavam em rezas em prol do possuído. Uma vez, no meio de um jantar, uma garota subiu na mesa e começou a berrar modulando a voz. Rihanna e as outras crianças foram trancadas no quarto enquanto os adultos oravam. "E quanto mais se rezavam, mais a garota gritava", lembrou Rihanna em uma entrevista a uma rádio local

  • Reprodução/Daily Mail

    Vendeu roupas antes da fama

    Quando adolescente, Rihanna trabalhou com o pai como camelô vendendo roupas nas ruas da capital Bridgetown

  • Reprodução/Racked

    Vendeu roupas depois da fama

    Em 2014, Rihanna assinou um contrato com a Puma tornando-se uma das diretoras criativas da marca alemã de roupas esportivas. O primeiro tênis com sua assinatura sobreviveu 30 minutos nas prateleiras depois do lançamento. Custava a bagatela de 160 dólares, cerca de 600 reais

  • Reprodução/Black America Web

    Tino para os negócios

    Além das parcerias com a Puma, Riahanna também criou uma marca de cosméticos que já nasceu pop. A Fenty Beauty foi lançada em 2017. Seus produtos, focados na pele negra, chegaram a 150 países e revolucionaram o mercado de beleza

  • Reprodução/Fandango

    Talento também para as telas

    Além das habilidades na música e nos negócios, Rihanna também flerta com a sétima arte. Apareceu em cinco filmes, além de ser tema de um documentário

  • Reprodução/Page Six

    Dormindo com o inimigo

    Em 2009, o namoro conturbado com o rapper Chris Brown acabou em violência e lançou a vida pessoal de Rihanna no meio dos holofotes. Rihanna apareceu machucada depois de ser atacada por Brown. A ele foi imputada uma ordem de restrição para que não se aproximasse dela. A paixão, violentada e exposta, ainda rendeu vestígios até 2013, quando eles finalmente se separaram

  • Reprodução/Pinterest

    A rainha das pequenas tatuagens

    A musa das Antilhas coleciona pequenas tatuagens no seu corpo. São 25 desenhos conhecidos, dentre eles, o principal, da deusa do panteão egípcio, Isis

  • Reprodução/Celebrity Insider

    Pioneira no mercado de pernas

    Depois de ter as pernas consideradas como as "de uma deusa" por um concurso da Gilette, Rihanna assegurou seus membros inferiores em um milhão de dólares. A ação abriu espaço para a especulação de pernas: onze anos depois as de Taylor Swift foram asseguradas por 40 milhões de dólares

  • Reprodução/NWE

    Lançada por Jay Z

    Seu caminho para o estrelato começou aos 14 anos quando foi descoberta pelos produtores Evan Roders e Carl Sturken. Os três passaram meses gravando fitas k7 e enviando para gravadoras. Não demorou muito até as encomendas da jovem Rihanna chegarem às mãos de Jay Z. Ela assinou seu primeiro contrato aos 16 anos

  • Reprodução/Bowlyrics

    Recordista do Guinness

    Rihanna tem ainda seis marcas no livro dos recordes, o Guinness Book. Cinco delas dizem respeito à quantidade de hits de sucesso e vendas por ano. O sexto, obtido em 2014, é o singelo recorde de personalidade com mais curtidas no Facebook no mundo, à época, perto de 71 milhões. Hoje são quase 82 milhões

  • Reprodução/India Today

    Tem um dia só para ela

    O fenômeno Rihanna foi tão arrebatador que em 2008 o primeiro ministro de Barbados decretou o dia 20 de fevereiro, aniversário da diva pop, como o "Dia Nacional da Rihanna". É quando os moradores da ilha se reúnem para ouvir as canções da Robyn

  • Reprodução/Twitter

    Nunca terminou o ensino médio

    Como a carreira e o sucesso vieram cedo para Rihanna, a cantora não pôde concluir seus estudos. Nem quis. Rihanna já deixou claro, mais de uma vez, que odiava estudar. Ela era aluna de uma escola militar

  • Reprodução/Gossyponthis

    Já proibiu guarda-chuvas em seus shows

    Seu primeiro grande sucesso, "Under my Umbrella", obrigou Rihanna a se precaver de possíveis acidentes com guarda-chuvas quando saiu em turnê pelo Reino Unido. Era proibido entrar com o objeto em seus shows. Com todo mundo querendo ficar "debaixo do guarda-chuva", o risco de perfuração ou acidente com o olho alheio era grande demais para arriscar

Listas