Topo

Carlinhos, Bruna e mais famosos que saíram do Instagram em meio a crises

Reprodução/Instagram
Bruna Marquezine e Carlinhos Maia Imagem: Reprodução/Instagram
do UOL

Marcela Ribeiro

Do UOL, no Rio

2019-05-25T04:00:00

25/05/2019 04h00

Carlinhos Maia resolveu dar um tempo no Instagram após se envolver em uma discussão polêmica na quinta-feira (23) com Whindersson Nunes. No Twitter, o próprio Carlinhos Maia escreveu: "O meu Instagram não caiu, desativei! Até o menino Carlinhos se reestruturar e dar atenção à pessoa mais importe da minha vida, que é o Lucas."

A treta foi tão grande que até Luísa Sonza saiu em defesa do marido no Instagram. "Estou me pronunciando porque meu marido acabou de escrever a seguinte frase pra mim no WhatsApp: 'Estão te perseguindo, não deixa isso acontecer, meu Deus, esse cara vai me matar'", escreveu a cantora.

O youtuber não foi o único a deixar as redes sociais em momentos de crise. Confira!

  • Manuela Scarpa/Brazil News

    Carlinhos Maia

    Dois dias após seu casamento midiático com Lucas Guimarães, o youtuber bateu boca com Whindersson pelo Twitter. O motivo? O influenciador e comediante desistiu de ser padrinho de Carlinhos em cima da hora. "Eu disse a ele que não fui porque não me sentia bem em ser padrinho de casamento do cara por causa do jeito que ele me tratava, como eu vou ser padrinho de quem eu mal conheço, o cara me bloqueia, não me da o direito de conversar e me difama na TV", escreveu o marido de Luísa Sonza. Chateado, Maia desativou o Instagram e Twitter e avisou que precisa se reestruturar.

  • Reprodução/Instagram

    Bruna Marquezine

    No Carnaval deste ano, a atriz passou por uma tremenda saia justa. Esbarrou com o ex Neymar em um camarote da Sapucaí e ainda ficou sabendo que o jogador beijou Anitta no mesmo espaço. Imediatamente, Marquezine parou de seguir a cantora e desativou o Instagram, após receber uma chuva de comentários na rede social. A conta só foi reativada três dias depois, no Dia Internacional da Mulher, com um post feminista.

  • Divulgação/TV Globo

    Monica Iozzi

    A apresentadora e atriz deu um tempo nas redes sociais em maio de 2017. Na ocasião, a assessoria da atriz, que manifestava com frequência suas opiniões políticas, disse que Monica resolveu tirar férias das redes sociais "até que os limites de tolerância voltem a respeitar a divergência de ideias". Depois de seis meses, ela voltou. Há dois meses, Monica se despediu do Facebook, onde tinha cerca de 1,8 milhão de seguidores. Ela continua no Instagram.

  • Reprodução/Globo

    Ex-BBB Ana Paula

    A bruxinha do "BBB18" sofreu muitas críticas após ser eliminada do reality show e desativou a conta na rede social no ano passado. "Pelo fim dos ataques de ódio! Por motivos pessoais, Ana Paula se afastará de suas redes essa semana. Logo logo ela voltará com sua natural alegria de sempre", disse a assessoria dela em comunicado. Atualmente, Ana Paula usa suas redes normalmente e tem mais de 600 mil seguidores.

  • Reprodução/Instagram

    Lucas Lucco

    Um dia depois de ter um nude seu vazado na internet, o Instagram do cantor apareceu sem fotos. Muita gente suspeitou que ele tentou dar uma pausa na rede após a polêmica, mas Lucco disse em entrevista ao jornalista Léo Dias que não foi ele que apagou as imagens. "Estamos averiguando o que vai acontecer com este Instagram porque do nada sumiu tudo. Eu fiquei confuso porque, geralmente, quando é hackeado, eu percebo que os seguidores diminuem e alguns zeram", disse ele.

  • Getty Images

    Cardi B

    A rapper desativou a sua conta no Instagram em fevereiro, depois de ser bastante atacada por ganhar o Grammy melhor álbum de rap. Após três dias, ela reativou a rede social para anunciar o lançamento de uma música em parceria com Bruno Mar.

  • Reprodução/Instagram

    Demi Lovato

    A cantora fez um comentário envolvendo o rapper 21 Savage, foi criticada e desativou a sua conta no Twitter, em fevereiro. Demi foi ao Twitter dizer que "a sua parte favorita do Super Bowl [a grande final de futebol americano] eram os memes de 21 Savage". No mesmo dia, o rapper havia sido preso pelas autoridades americanas por ser considerado um cidadão britânico e estar vivendo ilegalmente nos Estados Unidos.

Mais Listas