Topo

Ford Fiesta sairá de linha, mas segue firme entre usados; veja o "top 10"

Divulgação
Ford Fiesta deixa de ser feito no Brasil no fim de 2019, mas segue firme entre os usados e seminovos Imagem: Divulgação
do UOL

Alessandro Reis

Do UOL, em São Paulo

2019-04-08T07:00:00

08/04/2019 07h00

Com o anúncio do fechamento da fábrica da Ford em São Bernardo do Campo (SP) para novembro de 2019, veio também a confirmação do fim da linha do Fiesta, igualmente fabricado na unidade do ABC paulista. Mesmo com recente notícia da venda da fábrica para a Caoa, publicada pelo jornal "O Estado de S.Paulo", o compacto vai mesmo se despedir -- lá, deve permanecer apenas a produção da linha de caminhões, por meio de licenciamento.

Se o Fiesta zero-quilômetro está com os dias contados -- o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC anunciou que está prevista a produção de mais 1,7 mil unidades, apenas --, no mercado de usados e seminovos ele segue firme e forte. De acordo com levantamento da Fenauto, a federação dos lojistas independentes, o hatch foi o quarto modelo mais comercializado no primeiro trimestre deste ano, somando 83.840 vendas no período.

À frente do Ford Fiesta, estão apenas os veteranos Volkswagen Gol. bem como Uno e Palio, da Fiat -- outro modelo que também já deixou de ser fabricado. Confira abaixo a lista dos dez usados ou seminovos mais comercializados nos três primeiros meses deste ano. Os dados foram fornecidos pela Fenauto (Federação Nacional das Associações dos Revendedores de Veículos Automotores).

O "top 10" dos usados e seminovos no 1º trimestre

  • Divulgação

    Volkswagen Gol

    O Gol chegou no começo da década de 80 e foi o carro zero-quilômetro mais vendido do país por 27 anos seguidos - posto ocupado atualmente pelo Chevrolet Onix. Se hoje o hatch da Volkswagen não é mais o carro zero campeão de vendas, ainda reina absoluto entre os usados e seminovos, com 205.953 exemplares vendidos somente no primeiro trimestre de 2019.

  • Divulgação

    Fiat Uno

    O Uno é um dos modelos mais longevos deste ranking, lançado no país em 1984 e ainda em produção. Nesse meio tempo, virou Fiat Mille, que conviveu com a atual geração, que chegou em 2010, até o fim de 2013, quando saiu de linha. Com tanta história e muitas vendas,foi o segundo veículo usado ou seminovo em vendas no primeiro trimestre: 128.346 exemplares.

  • Divulgação

    Fiat Palio

    O Palio saiu de linha para dar lugar ao Argo, lançado em 2017, porém sobrevive como opção atraente no mercado de veículos de segunda mão. Nos três primeiros meses de 2019, acumulou nada menos que 124.889 vendas de unidades usadas ou seminovas, de acordo com a Fenauto. Perde só para VW Gol e Fiat Uno.

  • Murilo Góes/UOL

    Ford Fiesta

    O hatch compacto da Ford segue firme entre os cinco usados mais comercializados do país: de janeiro a março de 2019, teve 83.840 exemplares vendidos. Deixará de ser fabricado no fim deste ano no Brasil, com o fechamento da fábrica em São Bernardo do Campo (SP). Durante 24 anos de vendas aqui, teve ao todo quatro gerações.

  • Divulgação

    Chevrolet Celta

    O Celta, enquanto modelo zero-quilômetro, foi vendido no Brasil durante 15 anos, de 2000 a 2015, quando deu lugar ao Chevrolet Onix. Neste primeiro trimestre, somou 78.152 vendas no mercado de usados, no qual pode ser encontrado em configurações com motor 1.0 ou 1.4. Enquanto foi produzido, deu origem à primeira geração do Prisma.

  • Divulgação

    Volkswagen Fox

    O hatch "altinho" da Volkswagen está no fim do seu ciclo de vida, com versões enxugadas após o lançamento do novo Polo. Deve ser produzido até 2020, quando deverá ser substituído por um CUV, "crossover" compacto feito sobre a mesma base MQB do Polo. No mercado de usados e seminovos, acumulou 66.615 vendas no trimestre.

  • Divulgação

    Fiat Strada

    A picape compacta mais vendida do país, quando o assunto é veículo novo, também está entre os campeões na preferência do consumidor entre os automóveis de segunda mão. Nos três primeiros meses de 2019, vendeu 63.460 unidades. Tem opções com motor 1.4, 1.5, 1.6 e 1.8, dependendo do ano, e com cabine simples, estendida e dupla. Tem até versão esportivada.

  • Reprodução/Miau

    Chevrolet Corsa

    Produzido no Brasil de 1994 a 2012, somou no período mais de 3 milhões de unidades zero-quilômetro vendidas no Brasil e não poderia deixar de estar entre os usados e seminovos mais comercializados. No primeiro trimestre, acumulou 60.546 vendas, incluindo a primeira geração e a segunda, que chegou ao país em 2002.

  • Divulgação

    Ford Ka

    O Ford Ka há anos se mantém firme entre os carros zero mais vendidos e também vai bem no mercado de usados e seminovos. Com três gerações rodando pelo país, acumulou 57.965 exemplares vendidos de janeiro a março. Considerando os seminovos, tem opções equipadas inclusive com câmbio automático, introduzido em meados do ano passado.

  • Divulgação

    Fiat Siena

    Somou 55.631 unidades comercializadas nos primeiros três meses do ano e fecha o "top 10" de usados e seminovos. Lançado originalmente em 1997, tem mais de 20 anos de mercado, embora esteja se aproximando do fim carreira como veículo zero-quilômetro. Ainda continua em produção, mas gradualmente tem dado espaço ao Cronos, projeto mais recente.

Errata: o texto foi atualizado
A sequência dos carros usados mais vendidos estava invertida.

Mais Listas