PUBLICIDADE
Topo

Ederson brilha em pênaltis e é campeão; David Luiz e Coutinho vão mal

Adrian DENNIS / AFP
Imagem: Adrian DENNIS / AFP
do UOL

Do UOL, em São Paulo

25/02/2019 04h00

A semana dos jogadores brasileiros que atuam lá fora teve o goleiro da seleção como protagonista na conquista de um título. Ederson ajudou o Manchester City a vencer o Chelsea nas penalidades e levar a Copa da Liga Inglesa. O goleiro defendeu cobrança de Jorginho. No mesmo jogo, David Luiz decepcionou ao errar a sua cobrança e carimbar a trave. 

Vinícius Júnior continua fazendo ótimas atuações no Real Madrid e ontem contra o Levante só faltou o gol. Na Espanha, Philippe Coutinho apareceu apenas na escalação e não conseguiu fazer bom jogo no Barcelona, que venceu graças à atuação de Lionel Messi. 

Confira como foram os brasileiros: 

Foram bem

  •  JOSE JORDAN / AFP

    Vinícius Júnior (Real Madrid)

    Vinícius Júnior não marcou na vitória do Real Madrid sobre o Levante por 2 a 1, mas teve atuação de gala pela equipe espanhola. O brasileiro foi titular e um dos destaques por se movimentar bem no ataque e com velocidade. Só faltou o gol. Em um chute de longe, por exemplo, o jogador errou o alvo por pouco. Depois acertou a mira de forma rasteira, mas parou na defesa de Aitor Fernández.

  • Patrik Stollarz/AFP

    Ederson (Manchester City)

    O empate sem gols entre Chelsea e Manchester City na final da Copa da Liga Inglesa ontem colocou a responsabilidade de levar o título para casa sob os ombros do goleiro Ederson, que não decepcionou. Além de contar com a sorte e ver David Luiz acertar a trave em sua cobrança pelo Chelsea, o goleiro da seleção acertou o canto para defender o chute de Jorginho logo na primeira cobrança do rival e ajudar o City a levantar o caneco. O time comandado por Guardiola venceu por 4 a 3 nas penalidades.

  • Divulgação

    Hulk, Oscar e Elkeson

    Capitão do Shanghai SIPG, Hulk levantou taça no final de semana, mostrando que está bem à vontade no país. O Shanghai SIPG venceu o Beijing Guoan e conquistou a Supercopa da China no sábado (23). Oscar e Elkeson também jogaram, sendo que o primeiro ajudou no segundo gol da equipe ao fazer um corta-luz e possibilitar a entrada sozinha de Wenjun na área para marcar. A equipe venceu por 2 a 0. Leia mais

  • Reprodução Twitter

    Jô (Nagoya Grampus)

    Jô mostrou como deve ser mais um ano jogando no futebol japonês. O ex-jogador do Corinthians estreou com gol na primeira partida do Campeonato Japonês e ajudou o Nagoya Grampus golear o Sagan Tosu por 4 a 0 no sábado (23). O atacante foi o responsável por dois gols de sua equipe. Leia mais

  • Paulinho (Levski Sofia)

    Paulinho, que jogou no Corinthians entre 2013 e 2015, foi o destaque do Levski Sofia, da Bulgária, em jogo realizado ontem, pelo Campeonato Búlgaro. A equipe venceu por 2 a 0 e o atacante brasileiro marcou o primeiro e gol e ainda deu assistência para o segundo. Com o resultado, a equipe de Paulinho fica perto de conquista vaga na Liga Europa.

Foram mal

  • CARL RECINE/Action Images via Reuters

    David Luiz (Chelsea)

    David Luiz foi escalado para cobrar penalidade na final da Copa da Liga Inglesa entre Chelsea e Manchester City. O zagueiro partiu para quarta cobrança e errou. A bola explodiu na trave e voltou na direção da marca fatal. A frustração do zagueiro mostra o tamanho do erro. Ele continuou correndo até entrar dentro do gol com cara triste. O City foi campeão após vencer nos pênaltis por 4 a 3.

  • Sergio Ruiz/DiaEsportivo

    Philippe Coutinho (Barcelona)

    O Barcelona venceu o Sevilla fora de casa por 4 a 2 e o placar não tem nada a ver com Philippe Coutinho. O meia brasileiro quase não apareceu em campo e nada produziu nas poucas vezes que a bola passou por seus pés. Resumindo, jogou mal outra vez. Anulado pela marcação, o jogador foi substituído aos 33 minutos do segundo tempo. Para piorar, Messi fez três golaços e transmitiu a impressão que carrega Coutinho e os companheiros nas costas. Leia mais

  • Marco BERTORELLO / AFP

    Alex Sandro (Juventus)

    Líder disparada, a Juventus pegou o Bologna, time que está na zona de rebaixamento do Campeonato Italiano. Mas a equipe foi dominada durante os primeiros 60 minutos de partida e uma das causas era Alex Sandro. Ele não conseguia dar saída de qualidade ao time e pouco apoiava na frente. O treinador Massimo Allegri estava tão descontente com o lateral-esquerdo que sacou o jogador aos 13 minutos do seguinte tempo. Dybala entrou no lugar dele e fez o gol da vitória por 1 a 0.

  • Reprodução/Facebook

    Rafinha (Bayern de Munique)

    Ver o lateral-direito no banco de reservas do Bayern de Munique não é novidade. A diferença é que neste domingo ele criticou o treinador Niko Kovac. Reclamou que o técnico não confia nele e lembrou que jogava quando nomes consagrados como Heynckes, Ancelotti e Guardiola comandavam a equipe. Rafinha atuou somente em duas partidas neste ano e agora será difícil voltar a campo depois de xingar o próprio treinador. Leia mais

  • Reprodução/Twitter

    Militão (Porto)

    A lua de mel do ex-são paulino com o Porto passa por uma crise. Ele foi barrado do jogo da última rodada e a imprensa portuguesa informou que o motivo foi um flagrante numa boate na quinta-feira. A rodada em Portugal começa na sexta e Militão nem viajou para enfrentar o Tondela. Os relatos dos jornais apontam que o brasileiro admitiu que errou e vai precisar trabalhar muito para apagar a má impressão que causou com o comportamento. Leia mais

Listas