Topo

É hoje! Conheça a trajetória da Ludmilla, ex-MC Beyoncé, em nove fatos

Colaboração para o BOL

2019-04-24T08:00:00

24/04/2019 08h00

Nesta quarta-feira (24/4/2019), a funkeira Ludmilla completa 24 aninhos de pura sedução. Confira detalhes sobre a trajetória da cantora, que explica a razão por ter escolhido MC Beyoncé como nome artístico no início da carreira e fala sobre as plásticas que já realizou. Isso tudo, claro, recheado por muitos micos que essa ousada famosa não se priva de pagar, falando o que pensa - na lata!

  • Divulgação

    MC Beyoncé

    Ludmilla nasceu em Duque de Caxias, no Rio de Janeiro, e desde cedo se interessou pelo funk. Em 2012, ela estourou para a fama com a música "Fala Mal de Mim". Na época, ela assumiu o nome artístico de MC Beyoncé, sob o qual se apresentou até meados de 2013 - quando passou a se apresentar com a própria alcunha. Em entrevista coletiva em fevereiro deste ano, ela explicou a escolha do início de carreira: "Estava passando por uma feira em Caxias, aí vi aquela mulher quebrando tudo. Ela cantava e dançava ao mesmo tempo, com aquelas roupas, aquela beleza. Pensei na hora: 'Quero ser isso'. Aí fiquei ali impactada. Minha mãe fazendo compra e eu abismada no DVD da Beyoncé. Marcou a minha vida. Eu ficava repetindo as notas, voltando o DVD até conseguir fazer igual. Foi um marco"

  • Carol Soares/Divulgação

    Micos

    Os momentos divertidos da cantora são um caso à parte em sua trajetória. Ela está constantemente na mídia por conta de algum episódio que arranca risos dos fãs. Em 2013, ao participar do programa "De Frente Com Gabi", a funkeira foi questionada em uma entrevista ping-pong por Marília Gabriela (foto): "Um medo?". Prontamente, mandou na lata: "Cair de moto e se ralar (sic)". Em 2017, indignada com uma notícia sobre um suposto namoro dela com um jogador do Flamengo, fez questão de responder a publicação: "Esqueceram de acrescentar que eu estou grávida de gêmeos. Meus filhos vão se chamar Nauê e Nauá só para quando eles fizerem bagunça eu cantar Paranauê Paranauá". Durante uma de suas várias participações no programa de Fátima Bernardes, Ludmilla foi questionada pela apresentadora sobre tudo o que já havia mudado desde a sua primeira visita à atração. Fátima se referia à carreira da convidada, mas a cantora não entendeu muito bem e disse: "Mudou tudo, né? Antigamente, era redondo aqui", fazendo referência ao cenário. Em 2016, ela ainda virou piada por ter ido ao programa de Fábio Porchat com a boca ainda paralisada por conta de uma plástica - o que a impedia de falar direito e até de dar risada

  • Rodrigo dos anjos/AgNews

    Plásticas

    Fisicamente, a cantora mudou muito desde que se tornou famosa por conta de suas músicas. Ela fez pelo menos duas cirurgias para modificar o nariz (em 2013 e 2016), além de lipoaspiração para garantir a barriguinha sarada. Em conversa com os fãs pelo Instagram, ela falou sobre o assunto: "Por enquanto não pretendo fazer mais nenhuma [plástica]. Estou me sentindo muito bem comigo, com meu corpo, está tudo incrível. Não pretendo fazer, mas se algum dia, né... Quem sabe"

  • Reprodução/TV Globo

    Kátia

    Em dezembro de 2016, a cantora se envolveu em uma polêmica após ser filmada por fãs em uma praia do Rio afirmando se chamar Kátia. Ao lado de amigos, ela foi abordada pelos admiradores e negou ser famosa. Após receber muitas críticas por conta da postura, Ludmilla decidiu se explicar e postou um vídeo no Facebook alegando ter tido medo de sofrer um arrastão e ver sua corrente de ouro ser roubada. Ela admitiu ter ficado com receio do rapaz que a abordou e que só assumiu sua identidade para algumas crianças que disse serem "fãs de verdade". Os moradores da região responderam a cantora por meio de uma página na rede social e pontuaram que as alegações da famosa não passavam de blefe

  • Rodrigo dos Anjos/AgNews

    Solteira sim, sozinha nunca

    Ao ser questionada pelos stories do Instagram sobre o seu desejo de ter filhos, a cantora refletiu: "Sim, penso. Não agora, mas penso. Penso em ter um cavalo também. Gosto de cavalo". Ainda em resposta à curiosidade dos seguidores, ela fez um esclarecimento sobre a sua vida amorosa: "Se eu estou ficando com alguém? Sempre estou ficando. A vida é um morango, né? Sempre estou"

  • Reprodução/Instagram @ludmilla

    Marca registrada

    Depois de conquistar fama, Ludmilla resolveu passar por uma transição capilar e assumir os fios naturais. Para isso, e sem perder o estilo durante as apresentações, ela contou com uma variedade de laces (espécie de perucas) para proteger os fios - o que acabou se tornando uma de suas marcas registradas. "Eu uso bastante. É que eu gosto de vários cabelos. Uso lace colorida, tranças, penteados, mas também uso o meu (natural). Minha relação com elas é superincrível. Depois que eu comecei a usar, comecei a tratar do meu próprio cabelo. Foi uma coisa que me ajudou muito", confessou a famosa no Instagram

  • Reprodução/Instagram @ludmilla

    Sobre a fama

    Ludmilla refletiu sobre o quanto o estrelato mudou sua vida em conversa com os fãs pelo Instagram. "Sempre amei cantar. Não sei se eu não fosse cantora qual seria a outra profissão. Eu nunca nem pensei. Eu amo cantar", começou, relatando, na sequência, alguns impactos de ter se tornado conhecida por fazer o que tanto gosta: "Não digo que perdi amigos por causa da fama, eu digo que eu conheci as pessoas por causa dela". Do que ela sente falta com tudo isso? "Eu gosto de dormir, mas não consigo. Eu durmo muito pouco e queria conseguir mais. Eu gosto. Dormir é bom pra car****"

  • Reprodução/Instagram @ludmilla

    Realização de um sonho

    Ludmilla passou por um processo intenso de treinamento ao se preparar para a gravação de seu primeiro DVD: "Hello Mundo". Foram exercícios, rotina saudável de alimentação e oito horas de ensaio por dia. Ao falar sobre o lançamento do trabalho, que foi filmado em fevereiro, ela contou para a "Capricho": "Sempre foi meu sonho. Acho que tudo tem a hora certa. Se eu fosse fazer um DVD tão grandioso como esse a dois anos, talvez não fosse tão f***, porque não estava preparada para isso. Vi a necessidade de mostrar para o mundo o quanto eu cresci e amadureci. E também por vários motivos de preconceito, já vi muita gente falando 'ela é funkeira, só sabe cantar funk'. Nesse DVD quero mostrar que não preciso de um rótulo, sou uma cantora de verdade", garantiu

  • Reprodução/Instagram @ludmilla

    Carreira internacional

    Ainda sobre o DVD, a cantora abriu o jogo sobre seus planos em uma entrevista coletiva concedida em fevereiro deste ano: "É um 'oi' meu para o mundo, também quero que o mundo inteiro conheça o funk. A gente fez um conteúdo sem fronteiras, por isso 'Hello Mundo'. Não só visando o Brasil, não só visando lá fora. É para o mundo todo mesmo", explicou. Fazendo aulas de inglês, ela deve se arriscar a cantar com mais fluência do idioma a partir do segundo semestre deste ano

Mais Listas