Topo

Quanto ganham as melhores profissionais em comparação com os homens

Colaboração para o BOL

2019-01-12T07:00:00

12/01/2019 07h00

Um levantamento divulgado pela Catho em 2017 mostra que as mulheres ganham menos que os homens em todos os cargos. Artistas e atletas, mesmo com destaque em suas profissões, firmando-se como as melhores do mundo em seus ramos, elas também são deixadas para trás na questão financeira. Confira alguns exemplos a seguir.

Leia também:

  • Arte/UOL

    Marta

    Em setembro de 2018, Marta foi eleita a melhor jogadora do mundo pela sexta vez. Em cerimônia da Fifa, ela conquistou o recorde que representa um marco tanto entre mulheres como entre homens. Em 2016, a divulgação do salário dela - de R$ 1,3 milhão por ano - causou bastante polêmica, em especial ao ser comparado ao de outro brasileiro, Neymar. Depois da contratação do craque pelo Paris Saint-Germain, em 2018, por R$ 812 milhões na época com uma negociação que incluía rendimentos anuais de cerca de R$ 140,55 milhões, o Sporting Intelligence divulgou um comparativo mostrando que o salário pago ao atacante equivale a 1.693 jogadoras do futebol feminino

  • Christophe Ena/AP

    Ada Hegerberg

    A atacante ganhou a primeira Bola de Ouro do futebol feminino no final de 2018. Até então, o prêmio era conferido apenas para homens, mas os 42 gols marcados por ela em uma temporada deixaram o público impressionado. Seus ganhos estimados por ano no Lyon, clube que defende, são de 300 mil libras. Em 2016, o Telegraph revelou que Modric, croata que também faturou a Bola de Ouro em 2018, ganhava 4,4 milhões de libras por ano no Real Madrid, o que já seria um salário baixo em comparação ao do companheiro Gareth Gale, que, naquele ano, já ostentava o ganho de 15 milhões de libras

  • Getty Images

    Meryl Streep

    Em 2017, a atriz Emma Stone entrou na lista da Forbes como a atriz mais bem paga do mundo, ainda assim o seu ganho era de R$ 132 milhões a menos do que o ator mais bem pago do mundo, Mark Wahlberg. Nenhum deles, contudo, possui o mesmo reconhecimento que Meryl Streep, que em 2018, recebeu a sua 21.ª indicação ao Oscar. Em entrevistas, a atriz já revelou que o sexismo da indústria é um reflexo do seu salário - menor do que os de colegas homens. Enquanto ela recebeu US$ 5 milhões para gravar "Ricki and the Flash: De Volta Para Casa", por exemplo, Denzel Washington faturou, na mesma época, US$ 20 milhões por "O Protetor"

  • Lucas Lima/UOL/Folhapress

    Cris Cyborg

    A curitibana e atleta do UFC já foi detentora de títulos como a cinta do peso-pena do UFC, o Invicta e também o extinto Strikeforce. No final do ano passado, de acordo com os valores divulgados pela Comissão Atlética do Estado da Califórnia, ela subiu ao octógono faturando US$ 500 mil, o mesmo que os protagonistas do main event, Jon Jones e Alexander Gustafsson

  • Josh Hedges/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images

    Amanda Nunes

    Em dezembro de 2018, Amanda tornou-se a primeira mulher a ser campeã em duas categorias de peso no UFC. Na ocasião, ela ficou na quarta colocação entre os mais bem pagos, ficando atrás de dois homens, Jon Jones e Alexander Gustafsson, e da rival Cris Cyborg. Para se ter uma ideia em termos de valores, em 2016, no UFC, a atleta brasileira ganhou - entre salários, prêmios por vitórias, pagamentos da Rebook e prêmios de performance - o total de US$ 411 mil até dezembro, quando já se preparava para sua oitava aparição no evento. Do lado dos homens, em nove lutas no UFC, Conor McGregor embolsou mais de US$ 9,5 milhões

  • Josh Hedges/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images

    Ronda Rousey

    Ex-estrela do UFC e atual lutadora do WWE, Ronda chegou a ser eleita a Melhor Atleta da História em votação promovida pelo canal ESPN W em 2015. Dana White, presidente do UFC, já chegou a afirmar em entrevistas que a profissional foi a única razão para que ele abrisse espaço para lutas entre mulheres na organização. Em 2016, considerando-se todos os ganhos (salários, prêmios e outros faturamento), Ronda ganhou três vezes mais que Amanda Nunes, contudo ainda assim lucrou sete vezes menos que Conor McGregor, recebendo cerca de US$ 1,245 milhão. Já em 2017, o valor pago para a atleta no UFC 207 foi de US$ 3 milhões, igualando a marca-recorde investida até então em McGregor no UFC 202. Os ganhos dela representaram, na ocasião, 64% de todo o montante destinado ao pagamento de profissionais do evento

  • Evaritos Sa/AFP

    Graça Foster

    A ex-presidente da Petrobras figurou na lista das mulheres mais poderosas do mundo divulgada pela Forbes em 2014, mas acabou sumindo do ranking no ano seguinte após os escândalos de corrupção da companhia. Em 2012 (quando assumiu o cargo) e 2013, ela já havia sido apontada pela revista Fortune como a executiva mais poderosa do ranking global - atuante fora dos EUA. A média salarial dela em 2013 foi de R$ 158,3 mil - valor amplamente divulgado, conforme é possível observar em uma rápida busca no Google. Atualmente, o presidente da instituição é Ivan Monteiro, que, ao contrário da antecessora não possui seu nome atrelado ao valor no mesmo tipo de busca, mas segundo dados fornecidos em junho de 2018, ganha R$ 195.619,36

  • Reprodução/Biography

    Marie Curie

    Nascida em 1867, Marie Curie foi uma polonesa à frente de seu tempo, responsável pela descoberta da radioatividade. Física, química, professora, doutora e cientista, ela ganhou o prêmio Nobel por duas vezes e foi eleita a Mulher Mais Influente da História pela BBC History no centenário do sufrágio feminino no Reino Unido. Durante a vida, ela vivenciou o preconceito por ser mulher, em especial ao se mudar para Paris para cursar faculdade. De acordo com a BBC, pelo simples fato de ser mulher Marie Curie nunca sequer recebeu apoio financeiro em suas pesquisas e, após a morte do marido - e parceiro científico - passou a juntar dinheiro para colaborar em laboratórios dos EUA e da Europa, desenvolvendo pesquisas para o tratamento do câncer. Nesse caso, não conseguimos fazer um comparativo de ganhos, porque Curie nem tinha apoio financeiro para o seu trabalho

Mais Listas