Topo

11 descobertas recentes que avançaram o estudo da astronomia

Colaboração para o BOL

2019-04-08T08:00:00

08/04/2019 08h00

Em 8 de abril é celebrado o Dia Mundial da Astronomia. Essa importante área da ciência, que estuda os corpos celestes (ou seja, planetas, estrelas, cometas, entre outros), passou por diversos momentos e descobertas interessantes que mudaram a nossa percepção sobre a vida e o mundo ao nosso redor. Nessa lista vamos relembrar 11 descobertas que ajudaram no avanço do estudo da Astronomia nos últimos anos.

  • Divulgação/ESO

    Descoberta do planeta-anão Éris

    Foi fotografado pela primeira vez em 2003 e sua descoberta concluída em 2005. Éris fica depois de Plutão e a sua existência fez com que Plutão deixasse de integrar o quadro de planetas do Sistema Solar para ser considerado um planeta-anão. Até hoje, Plutão e Éris são os dois objetos naturais, efetivamente conhecidos, mais distantes do Sol

  • Reprodução/Universe Today

    Vapor de água em uma lua de Saturno

    Em 2005, a sonda Cassini descobriu evidências de vapor de água em uma das luas de Saturno, a Enceladus, sexta maior do planeta dos grandes anéis. Além do vapor de água, foram observados complexos de hidrocarbonetos exalando de regiões da lua

  • Divulgação/Nasa

    Água na Lua

    Em outubro de 2009, um satélite da Nasa, agência espacial americana, chamado LCROOS (Lunar Crater Observing and Sensing Satellite) encontrou moléculas de água em uma cratera da Lua. Foram feitas análises e posteriormente confirmado que se tratava de água congelada

  • Reprodução/Labroots

    Evidências de água em Marte

    Foi divulgada pela Nasa em 2011 uma sequência de imagens que apontavam para a existência de água em Marte. As fotografias mostravam marcas que pareciam ser água escorrendo pelas rochas na superfície do planeta vermelho. Apesar de estudos anteriores já confirmarem que há água em Marte, essa foi a primeira vez que foi possível ver evidências concretas dessa descoberta

  • Divulgação/Nasa

    Formato da atmosfera solar

    Você sabia que o Sol é o corpo celeste mais redondo de todo o Universo? Essa descoberta foi feita em 2012 e divulgada através de publicação da revista Science. Através de imagens obtidas pelo Solar Dynamics Observatory, da Nasa, foi possível confirmar que nenhum outro objeto natural é tão redondo quanto o Sol

  • Divulgação/Caltech

    Planetas fora do Sistema Solar

    Além do possível novo planeta no Sistema Solar, outros planetas podem ter sido descobertos pela Nasa, porém ainda mais distantes. Em 1992 foram descobertos os primeiros planetas fora do Sistema Solar, e em 2012 já eram mais de 4.300 corpos celestes que poderiam ser planetas

  • L. Calçada/ESO/Reprodução/sciencemag.org

    Novo planeta no Sistema Solar?

    Em 2014 foi descoberto um possível novo planeta no Sistema Solar. Ele seria o 9º planeta, já que Plutão foi "rebaixado" a planeta-anão. Ainda sem um nome, o corpo celeste é chamado apenas de Planeta Nove e a sua existência ainda não foi confirmada. Simulações feitas em computador pela Caltech, instituto tecnológico da Califórnia, acreditam que esse novo planeta pode ter até 10 vezes o tamanho da Terra

  • Reprodução/Inverse

    Asteroide na órbita da Terra

    Em abril de 2016, cientistas da Nasa descobriram um asteroide que se encontra na órbita da Terra há pelo menos 366 anos. Ele recebeu o nome de 2016 HO3 e é quase como uma "mini-lua" que gira em torno do nosso planeta

  • Reprodução/Wikimedia Commons

    Planeta mais novo já conhecido

    Uma descoberta com pitada de Brasil. Em 2016, cientistas da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) encontraram aquele que é o planeta mais novo já observado por humanos até hoje. Chamado de V830 Tauri b, o exoplaneta fica a cerca de 430 anos-luz da Terra, próximo da Constelação de Touro. E quanto à sua idade, estima-se que ele tenha "apenas" 2 milhões de anos

  • M. Kornmesser/European Southern Observatory

    Planeta parecido com a Terra

    Foi descoberto em agosto de 2016 um possível planeta habitável relativamente próximo da Terra. Chamado de Proxima b, o exoplaneta orbita a Proxima Centauri, estrela que tem maior proximidade com o Sol. As condições parecem ser favoráveis, mas ainda não há evidências de vida por lá

  • Divulgação/Nasa

    Vida em Júpiter?

    Estudos da Nasa especulam que pode existir vida em Júpiter. Mais precisamente em Europa, uma das 79 luas do maior planeta do Sistema Solar. Uma pesquisa divulgada pela revista Nature Astronomy, em 2018, dá conta de que há cadeias de aminoácidos que estão abaixo da superfície de Europa. Será que há vida por lá? Ainda não há confirmação sobre isso

Mais Listas