PUBLICIDADE
Topo

Listas

De Street Fighter a Angry Birds: 18 games que viraram filmes

Colaboração para o BOL

05/03/2019 14h00

Inspirações para filmes vêm de diversas fontes. Há obras com roteiros originais, mas há outras que são adaptações de livros, histórias em quadrinhos e até mesmo de videogames. Nesta lista, vamos relembrar 18 games que foram parar nas telonas.

  • Reprodução/earofnewt.com

    Alone in the Dark

    O game de terror "Alone in the Dark" ganhou uma adaptação cinematográfica em 2005 chamada "Alone In The Dark - O Despertar do Mal". O longa apresenta o Detetive Edward Carnby (Christian Slater) que investiga casos sobrenaturais. Ele tem a habilidade de sentir atividades paranormais e isso o coloca em meio a muitos perigos. O filme não agradou aos fãs e tem apenas 1% de avaliação dos críticos no site Rotten Tomatoes

  • Reprodução/YouTube

    Angry Birds

    Em 2016, o game mobile ganhou sua versão nos cinemas. A história traz o pássaro Red em um universo onde as aves não voam, mas vivem pacificamente em um paraíso. Porém Red está sempre com raiva e não tem boa relação com os outros. Quando porcos verdes aparecem para tomar a ilha, apenas Red e seus amigos Chuck e Bomba desconfiam dos vilões e bolam um plano para salvar o local. O filme teve recepção média pela crítica, mas fez boa bilheteria, o que garantiu uma continuação que deve ser lançada em agosto de 2019 nos Estados Unidos

  • Divulgação/20th Century Fox

    Assassin's Creed

    Uma das franquias de games mais aclamadas dos últimos tempos ganhou sua primeira adaptação cinematográfica em 2016. O filme estrelado por Michael Fassbender se inspira na história dos games e traz alguns elementos, mas personagens completamente originais. Cal Lynch (Fassbender) é um prisioneiro recrutado pela empresa Abstergo para utilizar uma tecnologia que reconectará suas memórias com Aguilar, um assassino ancestral de Lynch que lutou na Inquisição Espanhola. Apesar dos bons efeitos visuais, os fãs não gostaram de algumas liberdades, e o filme acabou sendo muito criticado

  • Reprodução/eurogamer

    Doom

    O jogo de tiro em primeira pessoa chegou aos cinemas em 2005 com o astro Dwayne "The Rock" Johnson no papel do Sargento, personagem principal do longa. Após um incidente em uma estação espacial em Marte, soldados são enviados ao planeta vermelho para investigar. O Sargento e sua equipe precisam lidar com criaturas alienígenas que estão interessadas em colonizar o planeta Terra. Foi considerado pelo site Omelete, à época, o melhor filme baseado em games, ainda que não fosse muito bem avaliado pela crítica em geral

  • Reprodução/YouTube

    Hitman - Assassino 47

    A história do longa "Hitman" é a mesma do game: o Agente 47 é um assassino treinado para executar o seu trabalho de forma perfeita. Ele é contratado para executar o presidente da Rússia, mas é traído e passa a ser perseguido pela força militar russa e pela Interpol. Apesar de passar toda a violência que os games possuem, o filme tem furos de roteiro e diálogos fracos, o que lhe rendeu apenas 14% de avaliação no Rotten Tomatoes pelos críticos

  • Reprodução/denofgeek

    Max Payne

    Assim como no game, o filme acompanha a história do policial Max Payne (Mark Wahlberg). Ele vivia tranquilamente até ter sua família assassinada. Com isso, Max passa a caçar um dos assassinos em busca de vingança ao mesmo tempo em que começa a ser investigado pela suposta morte de duas testemunhas. O longa tem 16% de avaliação no Rotten Tomatoes e não agradou nem mesmo os fãs mais fervorosos do game

  • Reprodução/iscfc

    Mortal Kombat

    Na metade da década de 1990, muitos filmes de games foram lançados. Um deles foi "Mortal Kombat", inspirado na franquia de jogos de mesmo nome. O longa conta a história de três lutadores: Johnny Cage, Sonya Blade e Liu Kang. O trio foi escolhido para participar do torneio Mortal Kombat, onde lutarão para defender o destino do planeta Terra. Esse foi um dos poucos filmes adaptados de games que foram bem recebidos pela crítica especializada

  • Reprodução/polygon

    Need For Speed

    Com o sucesso de "Velozes e Furiosos", em 2014 foi lançado o filme do jogo "Need For Speed". O longa é protagonizado por Aaron Paul, que vive Tobey Marshall, um mecânico envolvido com a máfia política que é acusado de um crime que não cometeu. Rendeu 200 milhões de dólares de bilheteria, mas as críticas negativas não ajudaram o filme a ser memorável

  • Reprodução/fanpop

    Príncipe da Pérsia

    Outra franquia de games de muito sucesso que chegou aos cinemas, o longa "Príncipe da Pérsia - As Areias do Tempo" seguiu a história do game e mostrou Dastan (Jake Gyllenhall), um órfão adotado pelo rei do império Persa, que descobre um artefato que permite-lhe voltar no tempo. O filme fez sucesso durante sua exibição e recebeu avaliações médias da crítica, que elogia o fator entretenimento, mas acredita que o longa peca por ter um roteiro genérico

  • Divulgação/Warner Bros. Pictures

    Rampage

    Outro game que virou filme e foi estrelado por Dwayne "The Rock" Johnson. Enquanto o jogo tem como protagonistas três monstros gigantes: um gorila albino, um lagarto e um lobo, o filme coloca os personagens para lutarem entre si. Davis Okoye, personagem de The Rock, é um primatologista que desenvolve uma relação de amizade com George, um gorila albino. Um experimento que dá errado transforme George e outros dois animais, Ralph (lobo) e Lizzie (crocodilo) em monstros gigantes que acabam por se enfrentar e colocam a cidade de San Diego em perigo. A recepção por parte da crítica foi mista, pois a história foi criticada, mas o visual elogiado

  • Reprodução/polygon

    Resident Evil

    A franquia de jogos "Resident Evil" é a adaptação de games que mais teve continuações nos cinemas. Ao todo foram seis filmes conduzidos por Alice, uma mulher que acorda nos arredores de Raccoon City sem memórias sobre seu passado. A trama envolve inteligência artificial e zumbis. Foram feitas muitas mudanças em relação ao game, e a crítica aprovou a violência do longa, mas reprovou o roteiro. Ainda assim, a franquia fez muito sucesso de bilheteria. O último filme, chamado "Resident Evil: O Capítulo Final", arrecadou mais de 300 milhões de dólares em todo o mundo

  • Reprodução/kotaku

    Tekken

    Este filme adapta a franquia de jogos "Tekken" e mostra um futuro onde a humanidade sofreu com mais guerras e praticamente toda a civilização vive em ruínas. Porém, uma corporação chamada Tekken controla o que ainda funciona no mundo e promove um torneio de lutas para entretenimento. O jovem Jin Kazama participa do Punho de Ferro e se envolve em uma trama que revela a sua origem. O filme foi um fracasso de crítica e bilheteria, não chegando a arrecadar 1 milhão de dólares

  • Reprodução/inverse

    Tomb Raider

    A história do game que apresenta a aventureira Lara Croft tem duas versões cinematográficas. A primeira saiu em 2001 com Angelina Jolie no papel principal e recebeu críticas pela hipersexualização da personagem. A segunda foi lançada em 2018 com Alicia Vikander vivendo a personagem. E apesar do visual ter melhorado, a história de origem não agradou tanto. Ainda assim, as avaliações foram medianas e é possível que continuações sejam lançadas

  • Reprodução/themoviedb

    The King of Fighters

    Adaptação de 2010 do game "The King of Fighters", este filme mostra o torneio de luta The King of Fighters e o retorno de Rugal (Ray Park) aos combates após uma punição de 10 anos. O visual dos personagens foi muito modificado em relação aos jogos, e o longa foi massacrado pela crítica, sendo considerado uma das piores adaptações de games já produzidas

  • Reprodução/IMDB

    Silent Hill

    O game de terror de muito sucesso chegou aos cinemas em 2006 com o filme "Terror em Silent Hill". O filme retrata a história de Rose Da Silva (Radha Mitchell), uma mãe que após pesadelos da filha resolve levá-la até a cidade que aparece nos sonhos da garota. O visual do longa é bastante elogiado e a atmosfera de suspense remete aos jogos, porém as atuações e diálogos foram alvos de críticas negativas

  • Reprodução/nintendolife

    Street Fighter

    O filme "Street Fighter - A Última Batalha" foi baseado na série de games Street Fighter e chegou aos cinemas em 1994. O longa trouxe Jean-Claude Van Damme no papel do Coronel Guile e subutilizou Ryu e Ken, os dois protagonistas nos games. Foi um sucesso de bilheteria, mas não agradou à crítica e recebeu apenas 18% no site Rotten Tomatoes

  • Reprodução/unilad

    Super Mario Bros.

    Uma das "galinhas dos ovos de ouro" da Nintendo, a franquia Super Mario Bros. é aclamada pelos seus jogos icônicos. O sucesso fez com que em 1993 uma adaptação cinematográfica fosse produzida. No entanto, o longa mudou praticamente toda a história do game e apresentou uma nova realidade, o que não agradou fãs e crítica. O filme é colocado em diversas listas como um dos piores filmes já produzidos, principalmente por não captar a essência e a diversão existentes no game

  • Reprodução/polygon

    Warcraft

    A franquia de games "Warcraft", produzida pela Blizzard Entertaiment desde 1994 é um sucesso. Em 2016 chegou aos cinemas a adaptação cinematográfica chamada "Warcraft: O Primeiro Encontro de Dois Mundos". O longa mostra a busca dos Orcs por um novo território, já que o seu mundo está à beira da destruição. Porém, quando atravessam um portal e chegam à terra de Azeroth, onde vivem os humanos, nem todos são amigáveis. O visual foi elogiado, mas a crítica não aprovou o roteiro do filme. Ainda assim, arrecadou mais de 430 milhões de dólares na bilheteria e se tornou o filme de games com maior bilheteria na história

Listas