PUBLICIDADE
Topo

Confira 22 filmes brasileiros que marcaram época

Do BOL,

em São Paulo

07/09/2018 11h42

O Brasil produziu filmes inesquecíveis que foram exibidos na TV e cinema. Confira lista com 22 deles.

Leia mais:

  • Reprodução

    "O Pagador de Promessas" (1962)

    Leonardo Villar interpreta Zé do Burro, que promete carregar uma pesada cruz até a igreja de Santa Bárbara, depois de seu asno ter sido atingido por um raio. Ao longo da caminhada, a promessa de Zé se torna um transtorno.

  • Divulgação

    "Deus e o Diabo na Terra do Sol" (1964)

    O filme faz um retrato do Brasil da época ao narrar a história do vaqueiro Manuel (Geraldo Del Rey), que se revolta com a exploração do coronel Moraes (Milton Rosa) e o mata. Ele foge com sua mulher, Rosa (Yoná Magalhães), e junta-se ao grupo do beato Sebastião (Lidio Silva). Enquanto isso, um matador, a serviço da Igreja Católica e de latifundiários, extermina os seguidores do religioso.

  • Divulgação

    "Dona Flor e seus Dois Maridos" (1976)

    O filme tem duas versões: uma de 1976, estrelado por Sônia Braga, e outra de 2017, onde Juliana Paes interpreta a protagonista do longa inspirado no romance de Jorge Amado. Na obra, Flor é feliz com seu marido Vadinho, apesar de sustentar a casa sozinha. Quando o boa-vida morre, ela se casa com Teodoro, um homem completamente oposto ao primeiro marido. Contudo, o fantasma de Vadinho visita a mulher enquanto ela está casada com o segundo marido. Na foto, Sônia Braga contracena com os atores José Wilker (Vadinho) e Mauro Mendonça (Teodoro) na primeira versão do filme.

  • Reprodução

    "Pixote, A Lei do Mais Fraco" (1980)

    O filme narra a história de Pixote (Fernando Ramos da Silva), um menino em situação de abandono, que acaba em um reformatório, onde aprende sobre a vida no crime. Ao fugir da instituição, Pixote leva uma vida criminosa, trabalhando no tráfico de drogas, como cafetão e assassino. Na foto, o protagonista contracena com Marília Pêra, que deu vida à prostituta Sueli.

  • Divulgação

    "Eles Não Usam Black-Tie" (1981)

    Gianfrancesco Guarnieri interpreta o sindicalista Otávio, que organiza uma grave na empresa onde seu filho Tião (Carlos Alberto Riccelli) trabalha. Com a namorada grávida, Tião fura a greve para não perder o emprego. O elenco do filme conta ainda com Milton Gonçalves, em destaque na foto, Fernanda Montenegro, Bete Mendes e Lélia Abramo, entre outros.

  • Divulgação

    "Os Saltimbancos Trapalhões" (1981)

    Neste longa, Didi, Dedé, Mussum e Zacarias são funcionários humildes de um circo, que conseguem cativar o público. Porém, com o sucesso junto à plateia vem a inimizade do mágico e a ganância do dono do circo. O filme ganhou uma releitura em 2017.

  • Reprodução

    "Os Trapalhões e o Rei do Futebol" (1986)

    Nessa história, Os Trapalhões contracenam com o rei Pelé, que interpreta um repórter esportivo. Ele ajuda o grupo de faxineiros interpretados por Didi, Mussum, Dedé e Zacarias, quando um deles é escolhido acidentalmente para ser técnico do fictício Independência Futebol Clube e desperta a ira dos dirigentes corruptos do time quando começa a vencer as partidas.

  • Reprodução/Youtube

    "Super Xuxa Contra O Baixo Astral" (1988)

    No filme, Xuxa convoca crianças para pintar os muros da cidade, contracena com uma lagartixa chamada Xixa e dança muito. Tanta alegria desperta a raiva de Baixo Astral (Guilherme Karan), que se vinga sequestrando o cachorro da rainha. Há quem defenda que o filme é inspirado em "Labirinto", de 1986, protagonizado por David Bowie e Jennifer Connelly.

  • Divulgação

    "O Casamento dos Trapalhões" (1988)

    Didi, Mussum, Dedé e Zacarias vivem sozinhos em uma fazenda bagunçada. No decorrer do filme, eles se casam, brigam e fazem inimigos. O grupo Dominó, sucesso na época do lançamento do longa, também participa da história interpretando os sobrinhos dos protagonistas.

  • Reprodução/Instagram

    "Lua de Cristal"(1990)

    O conto de fadas brasileiro narra a história de Maria da Graça (Xuxa), uma menina do interior que vai morar com a tia e os primos na cidade grande. A nova vida não vai muito bem, mas melhora quando ela conhece Bob (Sérgio Mallandro), que a ajuda a realizar seu sonho: ter aulas de canto.

  • Reprodução

    "Uma Escola Atrapalhada" (1990)

    O cantor Supla e a apresentadora Angélica fazem o par romântico desse filme sobre um colégio que corre o risco de ser demolido. Os Trapalhões, o grupo Polegar, Selton Mello, Gugu Liberato e Maria Mariana estão no elenco desse sucesso adolescente.

  • Reprodução

    "Inspetor Faustão e o Mallandro" (1991)

    Neste roteiro, o apresentador Faustão interpreta um feirante escolhido por Deus para combater o contrabando de animais. Para completar sua missão, ele conta com a ajuda de Sérgio Mallandro.

  • Divulgação

    "O Que é Isso Companheiro?" (1997)

    Ambientado durante o período da Ditadura Militar no Brasil, o filme é baseado na obra de Fernando Gabeira e mostra a luta de um grupo de guerrilheiros que decide sequestrar o embaixador norte-americano.

  • Divulgação

    "Central do Brasil" (1998)

    Fernanda Montenegro interpreta a ex-professora Dora, que ganha a vida escrevendo cartas para pessoas analfabetas sem nunca as enviar para seu destino. Um dia, Josué (Vinícius de Oliveira), filho de uma antiga cliente morta em um acidente de ônibus, a procura para escrever uma carta para o pai, que ele nunca conheceu.

  • Divulgação

    "Castelo Rá-Tim-Bum, O Filme" (1999)

    O seriado infantil virou filme, onde Nino (Diegho Kozievith), um garoto de 300 anos, deseja ser igual a qualquer menino humano. Sem querer, ele acaba participando do plano de sua tia Losângela (Marieta Severo) para roubar o livro de magias de Morgana (Rossi Campos,na foto), sua tia-avó.

  • Divulgação

    "O Auto da Compadecida" (2000)

    A obra homônima de Ariano Suassuna inspira o longa sobre as aventuras de João Grilo (Matheus Nachtergaele) e Chicó (Selton Mello), dois nordestinos pobres que se vêm obrigados a aplicar pequenos golpes para sobreviver.

  • Divulgação

    "Lavoura Arcaica" (2001)

    O longa fala sobre a paixão de André (Selton Mello), que passou anos fora de casa, pela irmã Ana (Simone Spoladore). O filme é inspirado no livro homônimo de Raduan Nassar.

  • AFP

    "Abril Despedaçado" (2001)

    Rodrigo Santoro é Tonho, um sertanejo pressionado pelo pai para vingar a morte do irmão. Ele sabe que será perseguido e morto se ceder ao desejo do patriarca. Angustiado, Tonho passa a questionar a lógica da violência em que vive.

  • Reprodução

    "Bicho de Sete Cabeças" (2001)

    Rodrigo Santoro é Neto, personagem principal do filme, internado em uma clínica psiquiátrica pelo pai, Wilson (Othon Bastos), após ele encontrar um cigarro de maconha na roupa do filho. O longa é inspirado na autobiografia de Austregésilo Carrano Bueno.

  • Reprodução

    "Cidade de Deus" (2002)

    O filme mostra como a corrupção policial, o abandono do estado e o tráfico de drogas marcaram o bairro carioca da Cidade de Deus nos anos 1970. Nesse ambiente, os amigos Zé Pequeno (Leandro Firmino da Hora) e Buscapé (Alexandre Rodrigues) seguem destinos diferentes.

  • Reprodução

    "Carandiru: O Filme" (2003)

    Inspirado no livro de Drauzio Varellla, o longa narra as histórias de vida de presos daquele que foi o maior presídio da América Latina.

  • Divulgação

    "Tropa de Elite" (2007)

    Wagner Moura interpreta capitão Nascimento, da tropa de elite da Polícia Militar do Rio de Janeiro. Inspirado no livro "Elite da Tropa", de Luiz Eduardo Soares, Rodrigo Pimentel e André Batista, o filme narra os dramas e a violência enfrentada e infringida pela PM do estado fluminense. O longa ganhou uma sequência em 2010.

Listas